terça-feira, novembro 21, 2017

Mantendo a sanidade

mantendo a sanidade

A mídia impressa vai dizer que sim mesmo sem saber por que tudo chegou ao fim e a televisada, aquela transmitida no horário dito nobre, vai negar com veemência o pedido de clemencia do pobre coitado preso. Os fatos não correspondem à realidade. Há muita fumaça e pouco fogo, muito alarde e pouco conteúdo.

Diria eu quase nada de coisa nenhuma, não fossem os sinais emitidos pelos incas antes do fim do século. Crueldade é pedir aos que restaram algo mais do que um simples suspiro. Crueldade é correr atrás de quem sempre foi importante só nos últimos dias do ano.

Por pior que possa parecer e é, nem tudo se resume ao lado direito da cama, ao ar condicionado e a moça do tempo. Existem muitos mais mistérios por aí, supondo que estamos falando só de Londres, Paris também é uma cidade encantadora.

Conversei com poucos antes de vir aqui, e antes, muitos me disseram que não era prudente perder o juízo. Finjo-me de louco para manter a sanidade e assim caminha a humanidade.

Imagem do post: Tumblr / Unique dollface

segunda-feira, novembro 20, 2017

Vida que passa

vida que passa

Tomou guaraná ao acordar, suco de maracujá. Disse que com o pai ia conversar, falou para mãe que iria se mudar. Desligou o celular. Quis ficar sozinha, sem nada para fazer. Mandou voltar a fita.

Irritou-se na manhã seguinte e não pensou no fim. Convenceu quem não queria ir a ficar, abriu a janela do carro, respirou ar puro e sorriu sem graça. Era tanta pirraça, desgraça, coisa que maltrata e a vida que passa.

Um dia é assim o outro também e por mais que se faça o tempo avança, nada retrocede, não dá para entender. Quem pensa como ela se esquece do passado, anda de lado e precisa crescer.

Imagem do post: Tumblr / As I see You

domingo, novembro 19, 2017

Fim do dia

fim do dia

Ela passou batom vermelho antes de ir para o trabalho, olhou-se no espelho e viu que estava sensual. Como sempre ela estava demais. Pronta para arrasar ela estava a tal. Sensacional esperando o fim do dia chegar.

A sua roupa azul, o seu olhar de marfim, sempre foi maravilhosa, uma moça formosa. Ela não tinha intenções. O mundo todo aos seus pés e tudo era alegria.

Desaconselhável é ficar de madrugada esperando o dia de amanhã, pois para ela o amanhã é hoje. O infinito é logo ali quando se sabe o caminho para ir mais longe. E ela olhou-se no espelho, passou batom vermelho, estava sensual e era terça feira.

Imagem do post: Tumblr / Here are beautiful people

sábado, novembro 18, 2017

Encontro de dois

encontro de dois

Encontro de dois é mais do que a união de uma dupla, porque o encontro de dois enseja predisposição para algo mais. Encontro de dois tem força para unir por tempo indeterminado ideias distintas, modos individuais de agir e transformar bem mais rápido do que o imaginado.

Encontro de dois é energia cósmica que transpõe barreiras enquanto as complexidades se mostram frágeis diante do inesperado. Há quem duvide do que não conhece e acredite que só dois não possam fazer a diferença. O que muda as coisas é o encontro.

Imagem do post: Tumblr / As I see You

sexta-feira, novembro 17, 2017

Uma para mim

uma para mim

Ela achou engraçado o meu cabelo vermelho e me olhou meio de lado dizendo assim:

Toca uma para mim, toca uma para mim.

Uma canção do Roberto que me fale direto sobre o que eu não conheço, mas preciso saber.

Então toca uma para mim, toca uma para mim.

E a vida seguiu, ela sorriu, o mundo floriu e a paz reinou. O amor entre nós nunca existiu por isso que o tempo não demorou e logo passou, ninguém percebeu.

Eu estava contente, o dia nublado e não falei nada, esqueci o passado, pensei no futuro e por mais inseguro que pudesse estar tudo o que eu queria era que ela viesse dizendo assim:

Toca uma para mim, toca uma para mim.

Uma canção do Roberto que me fale direto sobre o que eu não conheço, mas preciso saber.

Então toca uma para mim, toca uma para mim.

Imagem do post: Tumblr / Redheads be here

segunda-feira, setembro 25, 2017

Topo

topo

Topo se você quiser e vier, mas não topo se você desistir de voltar ao mesmo lugar. Antes tínhamos um pedaço de joia, um tesouro e hoje não temos nada. O tempo passou rápido demais, não foi fácil, mas foi preciso. Os dias são assim sem muita explicação, sem muita vontade de compreensão.

Pedimos tanto, cobramos tanto e nada é feito. Nada muda enquanto nós mesmos não recuperarmos a joia perdida. Nada muda enquanto nosso tesouro estiver em mãos erradas.

Topo e não topo. O topo pode ser o lugar mais difícil de chegar, mas é o mais recompensador quando consideramos que é lá que queremos ficar.

Imagem do post: Tumblr / Morningstar

domingo, setembro 24, 2017

Direito de escolha

direito de escolha

Hoje é assim você pensa que pode, você imagina poder, mas quando vai ver não pode nada. O seu querer não tem mais o mesmo peso de antes, não tem mais validade. Quem manda, quem pode, são aqueles que pensam saber de tudo, são os que detêm o poder de ditar regras e impor verdades.

O medo de não ser compreendido ronda as mentes e por mais que se faça ou se explique, sempre há o risco da acusação sem fundamento, do dedo em riste apontado em tom de desaprovação. Qualquer comentário de aprovação ou de desaprovação pode e será usado, nem sempre a favor e muito menos da maneira correta.

Todos querem incomodar, todos querem ser ouvidos e vistos. Poucos querem de verdade a compreensão. O que mais importa é obrigar o outro a aceitar mesmo contra a vontade tudo o que se quer, pois faz mais sentido aparecer do que apenas ser.

Imagem do post: Tumblr / Morning star

sábado, setembro 23, 2017

Ela é…

ela e

Ela é daquelas que faz selfie todo dia, manda foto para família e acha que entende, mas ainda depende. Ela daquelas que não dá ponto sem nó, acorda com a cara feia, o cabelo desgrenhado e pensa que não está só.

Ela é uma tela em branco esperando o artista iniciar a obra, esperando o movimento que vai mudar o rumo, esperando todo mundo compreender que o fundo não é tão fundo quanto se pensa. Ela é bela e ao mesmo tempo uma indefesa donzela vagando pelo caos desse mundo cão, sem saber o que fazer no dia de amanhã, a procura de saídas para não se perder.

E faz de tudo, aceita tudo, converge sempre naquele tema, exato tema, tal e qual um poema. A revista de novidades enlatadas acabou de chegar e ninguém sabe combinar as cores do céu azul que apareceu depois do temporal.

Imagem do post: Tumblr / Why not?

sexta-feira, setembro 22, 2017

Versos que escrevo

versos que escrevo

Escrevo versos tão bonitos sobre nós dois. Escrevo versos tão sinceros sobre nós dois. Escrevo e não transcrevo o que sinto, mas escrevo e só pelo fato de escrever já que você nitidamente não me vê. Enxerga longe, mas não compreende o que vê, não interpreta os sinais.

Fosse e não desse, talvez assim quem sabe um dia desse e nesse dia, tudo acontecesse, enquanto os versos que escrevo, aqueles que ninguém lê, são levados pelo vento.

A linha entre a realidade e a ilusão é tênue, por isso, escrevo versos desconexos sobre o adverso do fim.

Imagem do post: Tumblr / Why not?

quinta-feira, setembro 21, 2017

Na prática ela era teórica demais

na pratica ela era teorica demais

Quando tudo começou estávamos sentados em um banco na praça principal da cidade, a única.

Quanto tudo terminou estávamos sentados em um banco na praça principal da cidade, a única.

Quando tudo começou ela me perguntou sobre o livro que eu estava lendo e fez uma tremenda cara de espanto quando eu disse que o livro era uma merda. Ela havia escrito o livro.

Quando tudo terminou ela me deu uma edição do seu mais novo livro e fez uma tremenda cara de espanto quando eu disse que o livro não era uma merda. Eu havia lido.

Milena era ótima escritora, seus três livros eram campeões de venda e falavam sobre relacionamentos. Falavam sobre encontros e desencontros, falavam sobre como as pessoas podiam superar as diferenças, construir uma história e ser felizes. Um bando de baboseiras que ela mesma teve o prazer de comprovar quando ficamos juntos.

Na teoria ela sabia tudo, na pratica as coisas em que ela sempre acreditou nunca funcionaram. Ela tentava seguir o roteiro e eu apenas vivia a vida. Não demorou muito para ela perceber que seus livros não refletiam a realidade, pois foram escritos por uma pessoa, no caso ela, sem a menor experiência no assunto.

Ela terminou comigo ao descobrir que também poderia ser feliz sozinha. Ela enfim soube que relacionamentos podem ser duradouros sem a necessidade da dependência um do outro.

Seu ultimo livro vai contra tudo o que ela escreveu nos três anteriores e por isso, acho que vai vender bem menos. A maioria das pessoas não está preparada ou quer a verdade. O sonho do relacionamento perfeito vende muito mais.

Imagem do post: Tumblr / Simple pretty girls

 

Contos e encantos Copyright © 2007 - |- Template created by O Pregador - |- Powered by Blogger Templates