quinta-feira, junho 30, 2016

Homem pensante. Esse ser dispensável

homem pensante

- Bonito, cheiroso e gostoso. E ainda fala e anda.
- E pensa.
- Desnecessário, mas compro assim mesmo.
- Só que não esta a venda senhora.
- Como?
- Não está a venda.
- Porque então está na vitrine?
- Este é o modelo do catalogo, por isso não está à venda. Caso à senhora queira consigo um modelo um pouco diferente, mas que também fala e anda.
- Bonito, cheiroso e gostoso?
- Mais ou menos...
- Como assim mais ou menos? É ou não é?
- É cheiro, vem perfumado de fabrica com o Polo Black.
- Então não é bonito e nem gostoso.
- Aí é uma questão de ponto de vista. Algumas clientes não fizeram reclamações a este respeito.
- Não que eu seja exigente demais, mas se vocês têm na vitrine, no catalogo ou sei lá onde um modelo bonito, cheiroso e gostoso, porque não o disponibilizam para venda. Eu pago o preço, quanto custa?
- Infelizmente senhora este modelo é somente para amostra, ainda não tenho informações de quando o teremos disponível no estoque.
- Hum... Esse que você tem aí para vender também pensa?
- Pensar até pensa, mas eu se fosse à senhora não levava muito isso em conta não.

Imagem do post: Google

Bunda de neve

bunda de neve

Branca como a neve, redonda como uma bola, no tamanho exato, essa é a bunda de neve. Um espetáculo, um primor. Nada de anões, de príncipes metrossexuais e outras frescuras do gênero. A bunda de neve não é dada a essas coisas.

A bunda de neve só viu talco Johnson e Hipoglós, sempre foi tratada com muito carinho e por isso mesmo que hoje é tudo isso. As horas de academia e os exercícios localizados só completam o que a natureza já fez com esmero.

Obvio que não a chamavam de bunda de neve, ela tinha nome, mas foi por causa dela que ficou conhecida em Guadalupe, subúrbio do rio. O jornaleiro já sabia quando aos domingos ela ia buscar a revista de fofocas usando sua indefectível calça leg, o dono do açougue já deixava separada a carne moída que ela comprava aos sábados, o atendente do bar se perdia toda vez que ela ia comprar refrigerante e não havia viva alma que ficasse indiferente quando a bunda de neve passava.

Hoje bunda de neve continua do mesmo jeito, com as mesmas formas, o mesmo balançar e a velha mania, de mesmo sem querer, causar inveja nas mulheres e desejo nos homens.

Imagem do post: Tumblr / Her-per-fection

segunda-feira, junho 27, 2016

Armamento moderno 2

armamento moderno

Cabelo despenteado é a mais nova moda entre as celebridades. Donas de casa enlouquecidas esquecem-se da hora dentro dos salões em busca do novo penteado. Surge uma nova tendência. É a moda se reinventando mais uma vez.

Declarações recentes do papa mundial da alta costura afirmam com todas as letras que cabelos despenteados são a coisa mais “cool” que surgiu nos últimos tempos. O mundo definitivamente rendeu-se as escovas.

Nada de cortes ousados, a tesoura foi aposentada. A moda pede cabelos soltos, despenteados, desarrumados e no máximo com uma leve aplicação de fixador. As roupas acompanham a tendência e agora são gastas e com remendos. Jeans, Cardigans, jaquetas e saias já saem das fabricas com sinais de envelhecimento e costuras aparentes. O desleixo impera e esse é o mote.

Considerando os novos tempos podemos dizer que a moda aderiu àquilo que é surrado, com aspecto de sujo e sem cuidado. O zelo foi posto de lado em nome da estética. Saíram de cenas as cores cítricas e entraram em voga os tons de cinza e marrom. Composições feitas com peças grossas e desformes. As peças não se ajustam mais ao corpo e quanto maiores forem melhor.

Imagem do post: Tumblr / As I see You

domingo, junho 26, 2016

Abismo 2

abismo 2

Em dias de chuva prefiro morar naquele mesmo lugar que nos conhecemos ontem. Em dias de frio prefiro ficar distante, um tanto ausente, estou carente. Nos dias de inverno onde tudo parece sumir, melhor sair daqui, melhor ter para onde ir. É sempre assim que termina a história, que colocam um ponto final. É fevereiro feriado em janeiro e o carnaval ainda não começou.

Em tempos de guerra prefiro morar naquele mesmo lugar onde tudo acabou, quem será que nós fomos um dia. Em tempos estranhos, naqueles em que seus olhos castanhos misturam-se com a paisagem, quem será que pode admitir que não sente calor. Eu não estou mais aqui.

Passado que se mistura com um futuro que ainda não aconteceu. Presente que se funde com algo que não sou eu nem você. A gente é diferente em muita coisa, mas igual na horizontal, tem pouco do que realmente é necessário para sermos imortais.

Faça um filho comigo e saia desse abismo que pode nos matar. Faça um verso, poema, canção, mas me dê à mão e vamos viajar.

Imagem do post: Tumblr / Inked & sexy girls only

Meu abrigo

meu abrigo

Desejo a você
O que há de melhor
A minha companhia
Pra não se sentir só

O sol, a lua e o mar
Passagem pra viajar
Pra gente se perder
E se encontrar

Vida boa, brisa e paz
Nossas brincadeiras ao entardecer
Rir atoa é bom demais
O meu melhor lugar sempre é você

Você é a razão da minha felicidade
Não vá dizer que eu não sou sua cara-metade
Meu amor, por favor, vem viver comigo
O teu colo é o meu abrigo

Uh, uh, uh, uh
Uh, uh

Quero presentear
Com flores Iemanjá
Pedir um paraíso
pra gente se encostar

Uma viola a tocar
Melodias pra gente dançar
A benção das estrelas
A nos iluminar

Vida boa, brisa e paz
Trocando olhares ao anoitecer
Rir atoa é bom demais
Olhar pro céu, sorrir e agradecer

Você é a razão da minha felicidade
Não vá dizer que eu não sou sua cara-metade
Meu amor, por favor, vem viver comigo
O teu colo é o meu abrigo

Meu abrigo
O teu colo é o meu abrigo
O meu abrigo

uh, uh, uh, ah
ah

Você é a razão da minha felicidade
Não vá dizer que eu não sou sua cara-metade
Meu amor, por favor, vem viver comigo
O teu colo é o meu abrigo

Meu abrigo
O teu colo é o meu abrigo

Melim

Imagem do post: Tumblr / Redheads be here

Tensão sexual 2

tensao sexual 3

Quando estou com sede eu bebo. Quando estou com fome eu como. Quando tenho tesão em alguém, quando da aquela vontade de pele, suor e saliva, eu tento.

Não vou pagar de ultimo romântico da década, de Don Juan dos trópicos, porque esse não é o foco. O foco é aquilo que sinto em determinado momento e só. Quem nunca teve vontades, desejos, que atire a primeira pedra ou morra tentando.

O mundo está cheio de corajosos medrosos, esses que se escondem atrás de perfis virtuais e posam de bons moços para a sociedade. Esses são aqueles que mascaram suas reais intenções, que ocultam o fim da história fazendo parecer que o final será feliz. Eu sou do time dos que se arriscam. Prefiro a porrada direta, bem no meio da fuça do que o rodeio e a queda silenciosa.

A maioria das coisas funciona assim, sem maiores explicações. Quando algo precisa de muita história, muita conversa, muito discurso, eu desconfio logo. Quer ir a Roma? Vá!

Melhor pedir com todas as letras e a maior sinceridade do mundo do que ficar chupando dedo. Maldizer o tempo, os astros e todas as forças do universo não vai fazer você menos frouxo. Atitude meu caro, atitude.

E os sentimentos?

Os sentimentos estão lá, na forma de desejo, de tesão, de vontade e isso já basta. Romance é romance, foda é foda. Não precisamos viver todo um conto de fadas para darmos vazão a nossos instintos, mas isso tem que ficar bem claro no contrato. O que é combinado, acertado, apalavrado e consentido por ambos não sai caro para ninguém.

Fundamental tem que ser a certeza de todas as coisas, pois nesses tempos de modernidade, quem não está consciente do que realmente quer pode se ressentir quando o dia clarear.

Imagem do post: Tumblr / #burbb

Gostosa.com 2

gostosa

- Gostosas são as putas que tiveram o desprazer de colocar vocês no mundo.

Já começo o dia falando palavrões, mas não tem jeito, com tanto babaca nesse mundo só mandando mesmo tomar no cú. Já não fico feliz pela manhã e ainda tenho que aturar isso.

Papai do céu quando fez as manhãs devia ter previsto esses eventos incômodos. É salto alto em calçada de pedra colorida, calcinha que entra no rego e não sai, calça apertada, gente feia, gente suada e mulher mal amada. Junta tudo isso às oito da manhã quando o dia nem começou e pronto, você tem ingredientes suficientes para a terceira guerra mundial.

Surreal essas pessoas que acordam com um sorriso no rosto e acham que distribuindo “bom dia” por aí podem ser mais felizes. A morte tem preguiça de leva-las, não que elas devessem morrer, mas não merecem habitar o mesmo mundo que as pessoas normais que acordam com remela no olho.

Acordar antes das dez é tortura disfarçada, tipo chocolate diet. Parece gostoso, parece chocolate, mas é uma merda. Os horários tinham de ser modificados, todos! O processo está todo errado e ninguém ainda se deu conta disso. Fico eu aqui sofrendo às oito da manhã, tendo que me encher de cafeína quando tudo poderia ser resolvido com uma simples mudança de horário.

Esse lance de ser gostosa logo de manhã às vezes cansa. Colocar salto, saia palito, blazer, passar batom, rímel, perfume e ainda sorrir. Sei que não preciso de metade disso porque sou do tipo que ao natural já é perfeito, mas mesmo assim a indústria insiste em inventar mais coisas para melhorar o que já é bom.

- Bom dia Gabi já lhe disseram que está linda hoje?
- Não fode Paulo nós dormimos juntos ontem e ainda não são nem nove horas, mal me comeu ontem e já acha que pode ter essas intimidades.

Imagem do post: Tumblr / Her-per-fection

O “mozão” é feio. E agora 5

o mozao e feio 5

“Boa noite caro conselheiro! Antes de qualquer coisa quero me apresentar. Sou loira, um metro e setenta e três, já joguei vôlei e, portanto, tenho esse porte mais atlético. Sou bonita, todos falam, os homens dizem isso, mas a maioria só quer me comer e nada mais. Não ligo para isso, eu até daria para eles sem compromisso, sem essa coisa de querer que no dia seguinte me pedissem em casamento, mas isso não vem ao caso agora. Enfim, me apaixonei pelo Robson e não sei o que fazer.

Robson estudou comigo na faculdade e no último ano tivemos um pequeno relacionamento de quatro meses e nunca mais nos vimos. Reencontramo-nos ano passado e por algum motivo a chama reacendeu, mas o Robson mudou demais, está muito feio. Não que ele fosse bonito antes, porque eu nunca acreditei muito nessa coisa estética, mas hoje fica difícil não perceber a barriga que ele ostenta, o corpo desajeitado, o cabelo mal cortado, as unhas e todo o resto do conjunto que não me agrada.

Já me perguntei, alias faço isso todas as noites, o que vi nele e porque ainda estou com ele, mas não consigo responder. Existe alguma coisa mais forte que me impede de abandona-lo, mesmo que eu não consiga me sentir confortável ao lado dele. Queria a sua ajuda para entender isso tudo e para saber o que fazer.”

Boa noite cara leitora! Sexo é a resposta, pelo menos a que mais se encaixa para mim.

O tal do Robson deve ser ótimo de cama, pois isso explica o fato de vocês ainda estarem juntos, uma vez que você detesta a aparência dele. Penso que o sexo maravilhoso que ocorre entre vocês suplanta todos os outros problemas e quando você pensa em deixa-lo lembra que vai perder o grande amante.

Ou é isso ou é algo que eu não queria pensar. O Robson é rico, muito rico.

Não estou julgando e nem a chamando de interesseira, mas fica difícil, até mesmo para mim, conceber um sentimento maior depois de tudo o que você me disse a respeito dele. Quando amamos uma pessoa, de verdade, não vemos somente o seu exterior, olhamos as qualidades ocultas. Em nenhum momento de sua narrativa você me falou sobre o cavalheirismo dele, sobre o modo como ele te trata, sobre o que ele faz para você, então deduzo que o amor não é o pilar dessa relação.

Posso ter sido um tanto grosseiro em minhas palavras transformando a sua relação em apenas um jogo de sexo e dinheiro, por isso espero que você possa me dizer e ao mesmo tempo a si mesma, se existe algo mais que nem eu e nem você conseguimos enxergar.

Imagem do post: Google

Pasmaceira

pasmaceira

Viver essa agonia de não pensar na alegria de saber que todo dia pode ser feriado. Viver essa agonia de no meio de tanta magia ainda acreditar em pecado. Viver a pasmaceira sem pensar tanta besteira no meio da madrugada. E todo santo que é santo, ainda que se prese o encanto, também é merecedor.

Quem chega não quer partir, que parte não quer ficar. O mundo é feito de coisas, de líquidos e sólidos, de agonia e tristeza, um pouco de mim e muito de ti.

No interior do meu eu, enquanto ainda sou seu, me dizem que posso ser mais se não olhar para trás.

Imagem do post: Tumblr / As I see You

Coloca

coloca

Poe a tua mão onde só você pode. Implode o mundo inteiro com seu jeito simples de fazer bem feito. Repara o que ninguém mais vê, só não faz cara de assustada, chega mais perto que eu estou aqui e a ideia e essa.

Poe a tua língua onde só você pode. Escolhe aquele teu melhor vestido só para servir de enfeite. Dispensa as preliminares que eu vou avançar os sinais. Gosto de correr perigo e você vem comigo.

Desliga tudo agora foi. Já temos o que precisamos. Comida só para depois, o dia ainda não raiou. Eu gosto do seu jeito puro de ser assim tão abusada, então vê se não enrola, deita na cama e não pensa mais em nada.

Imagem do post: Tumblr / Pretty girls

Mais uma bonita

mais uma bonita

Essa não é como aquelas que sempre vemos por aí, não é como tantas e não será como muitas. Única, exclusiva e, por que não, especial. Essa não é só uma historia daquelas que ficam na memoria, é passado, presente e futuro ao mesmo tempo. É sorriso matinal com gosto de cereal e creme dental de menta. Essa poderia ser, mas não é.

Histórias assim não acontecem todos os dias, não são vistas nos jornais impressos e muito menos nos noticiários da TV. Histórias assim têm um pouco de mágica, um pouco de não sei o que e muito de todos nós. Histórias assim são quase que o nosso dia a dia em um conto de fadas, são alegria em pleno inverno, são mais do que só histórias bonitas.

Contando poucos acreditam, vendo alguns ainda duvidam, mas sentindo todos sabem. Quando é assim, para ser, acontecer, existir, valer, é porque nos permitimos esse prazer.

Imagem do post: Tumblr / As I see You

domingo, junho 12, 2016

Zero

zero

A gente fica mordido, não fica?
Dente, lábio, teu jeito de olhar
Me lembro do beijo em teu pescoço
Do meu toque grosso, com medo de te transpassar

A gente fica mordido, não fica?
Dente, lábio, teu jeito de olhar
Me lembro do beijo em teu pescoço
Do meu toque grosso, com medo de te transpassar

A gente fica mordido, não fica?
Dente, lábio, teu jeito de olhar
Me lembro do beijo em teu pescoço
Do meu toque grosso, com medo de te transpassar

Peguei até o que era mais normal de nós
E coube tudo na malinha de mão do meu coração
Peguei até o que era mais normal de nós
E coube tudo na malinha de mão do meu coração

A gente fica mordido, não fica?
Dente, lábio, teu jeito de olhar
Me lembro do beijo em teu pescoço
Do meu toque grosso, com medo de te transpassar

A gente fica mordido, não fica?
Dente, lábio, teu jeito de olhar
Me lembro do beijo em teu pescoço
Do meu toque grosso, com medo de te transpassar

Peguei até o que era mais normal de nós
E coube tudo na malinha de mão do meu coração
Peguei até o que era mais normal de nós
E coube tudo na malinha de mão do meu coração

Deixa eu bagunçar você, deixa eu bagunçar você
Deixa eu bagunçar você, deixa eu bagunçar você
A gente fica mordido, não fica?

Liniker

Imagem do post: Tumblr / Morningstar

sábado, junho 11, 2016

Você pode sorrir

voce pode sorrir

Você pode sorrir de verdade e um canto de amor invadir a cidade. De repente uma flor vai brotar, o jardim vai florir e vamos nos amar como da primeira vez.

É o amor que invade os corações. É o amor essa doce presença no ar. É o amor que nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz sonhar, nos faz amar e ser feliz.

Você pode sorrir de verdade.

Imagem do post: Tumblr / As I see You

É isso e mais um pouco

e isso e mais um pouco

É tudo ao mesmo tempo agora sem filtro solar.

É pão dormido ao meio dia depois de acordar.

É tanto frio no vazio de frente pro mar.

É a loucura do universo querendo aportar.

É o que não se vê enquanto se vê. É o que ainda vai acontecer. Sou eu sem você. É você sem mim e mais ninguém. É tudo isso e mais um pouco de enrosco.

Quando chove é porque ainda tem dia para molhar, noite para iluminar e nós dois para sonhar.

Imagem do post: Tumblr / Flawless but heartless

Tem que estar disposto

tem que estar disposto

Para arrumar assunto comigo, inveja, intriga ou coisa assim, nem vem em mim porque eu não estou afim. Obrigação não tenho e do reino que eu venho coisa pouca não orna, o que é demais entorna. Eu sou assim, quer gostar tem que estar disposto ao gosto amargo e não somente ao riso frouxo.

Tem quem diz que é mentira e tem quem diz que não pira, mas no fundo quem é que não delira quando ela suspira. Quem é que não se agita quando ela balança os quadris. Que maravilha vê-la deitada na areia com a bunda para o alto. Nem sereia é mais bonita. Quem se atreve a corteja-la pela direita e fica a espreita da oportunidade acaba na vontade porque a esquerda é dos mais espertos. E eu sou assim, estou sempre afim, quer gostar tem que estar disposto a queimar no sol e não somente a sombra dos prédios de concreto.

Imagem do post: Tumblr / Flawless but heartless

Fragmentos 7

fragmentos 7

Queria flores na despedida e uma valsa como última dança. Queria lírios, não camélias, nada de rosas, muito menos copos de leite. Queria ela, aquela, não outra qualquer. Queria tudo e mais um pouco do que talvez não mereça, mas queria assim mesmo.

Queria um ponto e dele faria um conto como quem de assombro encontra a vida em uma despedida demorada. Queria um beijo e um abraço. Um queijo em pedaços. Sonhos de fim de tarde e a certeza de valeu.

Imagem do post: Tumblr / Positively noteworthy

Vento no rosto

vento no rosto

Vamos correr no quintal antes do vendaval. Vamos nascer novamente antes do sol poente. Vamos viver de verdade a felicidade que brota da mente e tudo isso durante o ano corrente. Eu gosto tanto dela assim, queria que ela gostasse de mim só um pouquinho de quando em vez para poder agradecer.

Antes do vendaval vamos correr no quintal. Antes do sol poente vamos nascer novamente.

Ela podia gostar de mim e eu iria agradecer, pois gosto tanto dela que se ela gostasse só um pouquinho de mim já seria assim, vento no rosto.

Imagem do post: Tumblr / Positively noteworthy

Pirulito que bate bate

pirulito que bate bate

Quem come demais se lambuza com o excesso de informação que a mente produz toda vez que recebe alimento para o corpo e faz alvoroço com tanto almoço, depois do café, sem cerimonia dispensa o jantar indo se deitar. Quem fala demais se complica com o excesso de palavras que saem da boca ao acordar, sem pensar no que tudo isso pode causar. Descompostura, gastura, vontade de sumir. Nem tanto ao céu, nem muito lá, naquele lugar. O bom é namorar no frio.

Conhece quem te ama como quem te inspira e só então respira, suspira e chora. Quem te adora às vezes surta, pira e transpira, como transpira. A loucura cansa. O bolo desanda.

Quem gosta dela sou eu, assim como quem gosta de mim é ela.

Imagem do post: Tumblr / As I see You

De cor e salteado

de cor e salteado

A letra de cor na cabeça, os versos memorizados letra por letra, silaba por silaba. A melodia que não sai da cabeça. A música inteira eternizada para sempre na memoria afetiva. Entrou no coração.

Assim aconteceu com cada parte dela. Cada cílio, cada dente, cada centímetro de pele do seu corpo. Ela por inteiro podia ser admirada diariamente, mas ainda assim residia, como musica que jamais se esquece, no peito e na mente.

Nunca foi dele. Nem um beijo sequer. Talvez um oi despretensioso em algum momento. Nada além disso.

Não se explica o sentir assim como não se explica o fato daquela canção insistir em tocar dia e noite sem parar.

Imagem do post: Tumblr / Inked & sexy girls only

sexta-feira, junho 10, 2016

Fragmentos 6

fragmentos 6

Sabor de maçã verde com canela. Sabor de laranja com cereja. Calda de caramelo.

Vermelho sangue em tons pastel. Tudo junto com o desejo de algo doce na medida, sem ser melado.

Sobremesa de colher para comer no pote. Beijo doce de mulher para receber na cama, de quem se ama. Olhos nos olhos. Riso contido, timidez na medida sem ser vontade de se esconder.

Vida nova que se faz ao amanhecer, antes do sol nascer, antes de todo o resto se esconder.

Imagem do post: Tumblr / Sweet adorable girls

Rotina

rotina

Tinha trinta e seis, mas aparentava vinte e três. Tinha vinte e oito, mas aparentava vinte e um. Jogava xadrez como ninguém. Bebia vodca até o amanhecer. Comprava flores no mercado central. Pintava cores imaginarias no céu. Lia os versos impressos no jornal. Comia antes de sair de casa. Fechava a porta antes de dormir. Ligava a TV ao amanhecer.

Ela tinha trinta e seis. Ele tinha vinte e oito.

Ela jogava xadrez como ninguém. Ele bebia vodca até o amanhecer.

Compraram flores no mercado central como ela fazia aos sábados, mas ainda era quinta feira. Pintaram cores imaginarias no céu e nem era feriado. Enquanto ela leu os versos impressos no jornal com uma velocidade nunca vista, ele comeu um sanduiche de queijo.

A porta ficou aberta, ninguém se lembrou de fecha-la antes de dormir. A TV nova ainda não chegou.

Imagem do post: Tumblr / Sweet adorable girls

Quando passa por mim

quando passa por mim

Ela corta caminho pela minha rua e toda vez que a vejo já sinto aquele desejo, imensa vontade de ter, de ser, pertencer. Ela corta caminho pela minha rua e toda vez que me vê sorri, vira o rosto e apressa o passo sumindo na multidão.

Ela só não corta caminho pelo meu coração porque não quer, pois dentro dele ela já está. Ela só não fica de vez na minha vida porque sempre está apressada demais para parar, olhar em meus olhos e dizer sim.

Imagem do post: Tumblr / Sweet adorable girls

Fragmentos 5

fragmentos 5

Eu te amo sem pensar e sem medir. O amor não tem medidas, não conhece barreiras e muito menos amarras para ser o que é e fazer valer a pena.

A alma não é pequena.

Serena e por que não amena.

Dó eu teria, quem sabe, por alguém que fosse, pelo menos, e ainda assim, pudesse irradiar o tanto que sente.

Imagem do post: Tumblr / Positively noteworthy

 

Contos e encantos Copyright © 2007 - |- Template created by O Pregador - |- Powered by Blogger Templates