quinta-feira, dezembro 31, 2009

E lá se vai

No exato momento em que todos devem estar em meio a chuvas torrenciais de pensamentos infrutíferos, eu me coloco em compasso de espera e vislumbro o horizonte como quem não sabe ainda exatamente o que está acontecendo a sua volta. É por isso e para isso, que fazemos resoluções a cada passagem, a cada mudança anunciada ou não, a cada ciclo e principalmente, a cada novo amanhecer.

Todos os dias podem ser especiais como um novo ano que se inicia e só precisamos perder a inútil mania de começarmos tudo pelo que achamos ser o começo das coisas. A vida não começa a meia noite do primeiro dia do ano e muito menos termina ao badalar dos sinos do último dia de Dezembro.

Se a cada amanhecer renovássemos nossos votos de um novo ano, estaríamos a cada dia, caminhando em direção aos nossos objetivos e com isso realizando nossos anseios e desejos mais rapidamente e com mais eficácia. Preferimos uma data especial ou um momento em que achamos ser mais propício, para que nesse dia ou nessa data, façamos aquilo que poderíamos ter feito ao longo de mais de 360 dias.

Sempre é assim e o ciclo se repete ano após ano. Calcinhas e cuecas coloridas, uvas e romãs cheias de caroços, cadeiras e ondas para se pular e todo o tipo de coisa que acreditamos ser o estopim para que as coisas aconteçam em nossas vidas. Nos esquecemos apenas que podemos e devemos fazer isso sempre, não as crendices ou as superstições, mas traçar planos e realizá-los. Não devemos e nem precisamos esperar para dar um novo sentido a nossa vida e nem para torná-la melhor, temos de fazer isso sempre.

Faça o que fizer ou o que quiser, mas lembre-se de que a cada segundo, minuto, hora que passa, a sua vida poderia ser diferente e isso depende apenas de seus próprios esforços. Comece hoje e não espere a virada do próximo ano para ser feliz.

Para todos os leitores do Blog um feliz 2010, com muito amor, paz, alegria e sucesso! A felicidade não está apenas naquilo que se vê ou que se pode comprar, a felicidade também está em todos os sentimentos bons que transmitimos.

terça-feira, dezembro 29, 2009

Mais uma chance

Eu me virei tarde demais para ver a estrela cadente
Eu peguei no sono e não vi o sol se pôr
Eu tinha certeza do seu amor
Pensei que a sorte estava sempre ao meu lado
Eu me virei tarde demais e você já tinha ido embora

Então me dê mais uma chance
Querida, se você se importa comigo
Deixe-me ganhar seu amor
Pois você sempre esteve lá por mim
Se você se importa comigo,
esteja lá por mim

Eu gosto de brincar de 'rei dos corações' Eu nunca pensei que eu poderia perder,
joguei os dados Mas nunca mostrei minhas mãos
Eu planejei tudo perfeitamente
Então você nunca deixaria um garoto como eu
Eu fui um tolo, mas agora eu entendo

Então me dê mais uma chance
Querida, se você se importa comigo
Deixe-me ganhar seu amor
Pois você sempre esteve lá por mim
Se você se importa comigo,
esteja lá por mim

Esta é a lei da terra
Você brinca com fogo e pode acabar se queimando
Esta é a lição que eu aprendi
Que você não sabe o que você tem Até que isto vá embora

Então me dê mais uma chance
Querida, se você se importa comigo
Deixe-me ganhar seu amor
Pois você sempre esteve lá por mim

Me dê mais uma chance
Diga que não é tarde demais
Deixe-me ganhar seu amor
Querida, por favor não hesite
Se você se importa comigo,
esteja lá por mim

Me dê mais uma chance

Madonna

segunda-feira, dezembro 28, 2009

Pernas ao vento

 

saia

 

Se todas as mulheres pudessem e descobrissem o poder de uma saia, o mundo não seria o mesmo. Jamais.

Mulheres de saia com suas longas pernas à mostra são tudo o que há de mais belo nesse mundo. Pernas ao ar e para o ar, pernas ao vento e soltas para o que der e vier. Uma saia, de bom comprimento em uma mulher, transforma servas em princesas e princesas em rainhas.

Toda a mulher devia ter uma saia em seu guarda roupa e usá-la sempre que possível, o máximo de vezes possível e sem se preocupar com os olhares furtivos e de cobiça que iria certamente despertar. Uma saia e um par de pernas podem fazer milagres.

Não importa, pelo menos na minha visão, se a mulher tem pernas de coxas grossas ou se tem a pele branca como a neve, o que importa é que ela saiba o poder que exerce quando veste uma linda saia e se mostra bela e por inteira.

Perca o medo e se vista como manda o figurino, deixe que vejamos as suas lindas pernas, seus contornos, seus joelhos e seus traços mais femininos, deixe que a vejamos como você é, uma mulher desejável e fascinante. Mostre-se, se exiba e faça de conta que nada mais existe, apenas você e nós, seus eternos servos, que indignos de seus encantos, apenas vamos cortejar e agradecer por podermos contemplar aquilo que Deus criou com mais paixão.

sábado, dezembro 26, 2009

Criatividade não tem preço.

Pessoas criativas, já nascem assim e o tempo até pode transformar algumas pessoas em criativas, mas aquelas que já nasceram com esse dom, têm um poder maior, algo que as transforma e faz com que saiam de qualquer situação com muito mais facilidade que as outras, pois elas usam a sua criatividade nata, aquela que já vem de berço e não se aprende na escola.

Eu adoro presentes inusitados e criativos, não gosto da coisa combinada e da coisa sem graça em que as pessoas já antevendo seu gosto, acham que é aquilo que você gostaria de ganhar e se esquecem de que o melhor é a surpresa e o inesperado. Só as pessoas, que mesmo não sabendo, nasceram com a criatividade dentro de si, podem proporcionar a você, momentos de pura magia e encanto.

Minha irmã é uma dessas pessoas e uma das que eu mais amo. Sempre que ela me dá um presente, ela consegue fazer o mais difícil, que é me agradar em cheio, e ela não compra nada caro e nem mesmo complicado ou difícil de achar, ela vai no que é mais simples e ao mesmo tempo, mais significativo.

O primeiro acerto dela, e talvez o maior de todos, foi quando em um aniversário, ela me deu um jogo de bolachas de chopp. Isso mesmo, essas bolachas de papelão que se encontram em qualquer bar de esquina e você pode pegar e levar para casa. Ela me deu um jogo embalado, de bolachas de chopp da Brahma e apenas pela simplicidade do presente e pela criatividade que ela teve em conseguir perceber que aquilo me encantaria, até hoje eu me emociono quando lembro o momento. Ela não deve ter gasto nada para conseguir tais bolachas, mas com certeza perdeu um tempão usando a criatividade para escolher o que me dar e é isso o que importa mais.

Um pouco depois ela me surpreendeu com um jogo de “resta um” feito de bolinhas de gude e uma base de metal. Algo que você pensa se coloca na estante ou se fica o tempo todo jogando. Mais um ponto para a criatividade dela.

Pessoas criativas são assim, não param nunca e quando eu pensava que não podia vir mais, ela me brindou com uma caixa contendo dois copos especiais para cerveja. O tipo de presente que pode parecer simples e você poderia encontrar em qualquer Lojas Americanas, mas que vindo no momento certo, da pessoa certa e mais ainda, do jeito especial que veio, faz com que você esqueça tudo e se pergunte o que fez para ser merecedor de tal honraria.

Nesse ano, mais precisamente nesse natal, ela se superou mais uma vez e me apareceu com um enorme embrulho, que prontamente pensei ser uma garrafa de algo, mas era maior do que isso. Primeiro, abri uma bola com uma cortiça na ponta e depois um enorme vaso que achei ser um decanter, mas qual não foi a minha surpresa ao descobrir que era um vaso para rolhas. Só mesmo uma pessoa com a criatividade dela, para me presentear com um depósito para rolhas, algo que eu sempre via na casa dos outros, mas que nunca tive “coragem” de comprar.

É por essas e outras, que eu bendigo quem pode ter uma pessoa criativa em sua vida, uma pessoa que lhe surpreende a cada instante, mesmo com todas as brigas e contratempos, uma pessoa que pensa em você mais do que tudo e que faz com que simples datas e momentos, se transformem em momentos mais que especiais na sua vida.

quinta-feira, dezembro 24, 2009

Só Deus é quem sabe

 

corpo6

 

Eu não sei guardar ressentimentos
Eu hoje lembro com ternura cada momento
Promessas de nós dois naqueles dias
O tempo transformou-as em palavras vazias
Às vezes a paixão nos traiu
Às vezes foi a voz que mentiu
Mas nada disso importa
O que vale é o que a sorte escreveu
Só Deus é quem sabe do amor
Eu não sei nada
Só sei que a vida nos prepara cada cilada
E é inútil se tentar fugir da longa estrada

Martinália

Um feliz natal a todos os leitores do blog e muito amor para aqueles que amam e são amados. “Sem amor eu nada seria…”

Viva o sol e viva o amor!

Tanquinho? Passo, obrigado

 

barriga

 

Me chamem do que quiserem e bem entenderem, mas eu estou pouco me lixando para a minha barriga saliente e acho ela dez vezes melhor do que essas barrigas denominadas de tanquinho que circulam por aí.

Enquanto que para manter a minha “forma” preciso “apenas” de um delicioso choppinho da Brahma no final do dia, os da barriga tanquinho precisam passar o dia a base de folhas e tomatinho cereja. Quer coisa mais escrota do que tomatinho cereja?

Não tenho nenhum tipo de preconceito e sou totalmente a favor daqueles que ralam de sol a sol para manterem os seus tanques sempre em ordem e cuidam para que cada gomo de seu vistoso abdômen seja exatamente proporcional e simétrico. Fico impressionado com a perseverança e força de vontade dessa gente. Mais ainda quando me lembro de que não faço nada disso e mesmo assim, entro no jogo em igualdades de condições com eles.

As chances que os barriga de tanquinho tem de pegar aquela gata, são as mesmas que a minha, sem tirar e nem por, e em alguns casos, muitos para ser mais exato, eu levo certa vantagem porque não perco meu tempo preocupado com as calorias que estou ingerindo e nem com o meu percentual de gordura. Tem coisa mais escrota do que um marmanjo pedindo suco de laranja no Belmonte ou no Paladino?

Manter a forma é uma coisa, excesso de zelo com o corpo e em especial com certas partes, como a barriga, na minha terra tem outro nome. Eu me cuido, faço exercícios regularmente e em especial nos finais de semana, quando pratico o halterocopismo, mas jamais vou deixar de comer alguma coisa apenas porque tem mais de 1.000 calorias. Até porque a última coisa que alguém vai me ver fazendo, é perguntando a quem quer que seja o raio do número de calorias que alguma coisa tem.

Conheço um monte por aí, que se bobear, antes de abater a lebre pergunta para ela o seu percentual de gordura ou quantas séries ela faz no leg press. E a pobre lá se perguntando que raio de merda que ela fez que foi sair justo com o cara da barriga tanquinho, dispensando aquele cara, nem tão gato assim, mas homem do sexo macho com certeza, da barriga saliente.

E os que se olham no espelho tal e qual Adônis? Esses estão mais preocupados em se olhar no espelho do teto do motel, do que com a deusa que está com eles na cama. E mais uma vez a pobre se pergunta o porquê dispensou o cara da barriga saliente, que há esta hora deve estar bem lá, fazendo outra mulher, feliz de verdade.

Portanto, analise os prós e os contras, coloque na balança os ganhos e as perdas e se decida por aquele que vai te dar menos trabalho e vai ficar com menos frescura na hora do vamos ver, porque barriga por barriga, eu sou mais a minha.

quarta-feira, dezembro 23, 2009

Oral? Só se for agora 2

Dessa vez, com a palavra, quem mais entende do assunto, elas, que serão recompensadas por todo o nosso esforço.

Doces palavras rudes

 

casal37

 

Em uma noite tórrida de amor, doces palavras rudes ecoam pelo ar.

O ambiente propicia e todos os deuses abençoam as doces palavras rudes que são ditas no calor do momento, ao sabor das emoções. O vento não as leva de nós e embaixo dos lençóis podemos dize-las sem que sejamos vistos como impuros.

Doces palavras rudes são aquelas com as quais nos conectamos e consentimos um ao outro, apenas entre nós e para nós mesmos, dizer na hora em que elas se fazem mais necessárias, quando estamos a sós fazendo aquilo que sabemos de melhor.

Teremos sempre as doces palavras rudes a nos amparar quando nossos corpos não estiverem juntos, pois elas estão na lembrança das grandes noites em que suados e sedentos de prazer, abalamos todas as estruturas. Em nossos beijos mais calientes, em nossos espasmos de prazer continuo, em minha entrega a você e em sua submissão a mim, doces palavras rudes serão ouvidas.

Se realize e saiba, que o que mais gosto de ouvir são as doces palavras rudes que sussurras em meu ouvido enquanto me morde a nuca e se esfrega em mim. Eu me realizo e sei que o que mais gosta de ouvir, são as doces palavras rudes que sussurro em seu ouvido enquanto a tomo em meus braços e a possuo com ardor.

Nossas doces palavras rudes, são apenas aquelas que sabemos que despertam em nós, todos os mais bestiais instintos, nos transformando em dois animais sedentos um pelo outro.

terça-feira, dezembro 22, 2009

Montagu

Restaurante novo, mal localizado… Tem tudo para nos surpreender.

 

montagu

 

1 – Atendimento

a – A primeira impressão é a que fica e para uma casa que se propõe a ser do estilo ou do jeito que eles anunciam, o primeiro e crucial erro, foi a escolha do local. Cercado de “restaurantes” de comida a quilo por todos os lados e ao lado de um “botequim”, em uma rua totalmente sem “charme”, as chances de eles conseguirem “deslanchar”, são remotas, mas ainda existem.

b – Fundamental quando se entra em um estabelecimento que se propõe a proporcionar ao cliente, um almoço de qualidade em um ambiente agradável, é o time da casa, aquele que vai lhe prestar o serviço e fazer as honras da casa. O time do Montagu não demonstra nem um pouco de habilidade com a coisa e você fica com receio de contar com eles para pedir uma sugestão de prato ou de vinho para acompanhar o mesmo.

O atendente que nos serviu, só depois de anotar as nossas bebidas é que timidamente, sugeriu o couvert, mas notadamente sem a mínima intenção de servi-lo, pois não fez nenhum esforço para nos explicar o que continha o mesmo ou nos convencer de que seria uma boa opção. Depois dos pratos consumidos, percebi o porquê ele não foi veemente na indicação do couvert.

c – Por atendimento, eu entendo também que tudo o que está sobre a mesa e por nós será usado, pode ser inserido nesse contexto e nesse ponto, eu não vi nada, há não ser o descanso de pratos, que o diferenciasse de um “restaurante” de comida a quilo Tudo bem que as taças e os talheres eram bonitos, mas o guardanapo era de papel e não de pano como seria o esperado. Descaso de talheres? Não. O porta guardanapos, era o mesmo do botequim da esquina, juro, preto, de plástico e que em nada combinava com o ambiente do restaurante e da mesa. E os guardanapos de papel, eram de quinta categoria, desses que você compra em qualquer mercadinho.

2 – Comida

A escolha dos pratos foi realmente difícil, mas não pela extensa quantidade dos mesmos no cardápio e sim pela “diversidade” e “criatividade” do chef. A maioria dos pratos tinha creme de espinafre, ora combinados com legumes à juliana ou com batatas soute. E era isso mesmo e nada mais. Realmente algumas opções eram no minimo tentadoras, como o Filé Mignon ao molho de Ragu e Batata Rosti, o Galeto marinado e o Magrete de pato, mas de resto, as opções eram um tanto duvidosas.

Me apreciaram os molhos das massas, mas não quis me aventurar por elas e escolhi comer o tal Filé ao molho de Ragu com batata rosti (Quase dei sorte). Meus amigos comensais, foram de Paillard achando que iam se dar bem com prato mais “tradicional” e ledo engano, não passaram aperto, mas nem de longe foram bem sucedidos.

Em primeiro lugar, alguém precisa informar ao chef, que a batata rosti pode conter bacon, mas que o mesmo deve ser colocado nas devidas proporções e não ser quase a batata inteira. Isso deixou a mesma extremamente salgada e nem o tal ragu de cogumelos conseguiu dar jeito na coisa. Em segundo lugar, existe uma consistência para a batata rosti e você até pode faze-la mais ou menos seguindo essa pequena “regra”, mas lembre dos outros ingredientes que vão no prato e use isso, na hora de definir em que consistência vai estar a sua batata.

O chef não levou isso em conta e junto com o ragu, a minha batata praticamente virou um purê escuro e de aspecto impressionante, isso sem contar o cheiro que meus amigos diziam ser insuportável e nesse ponto, acho que a culpa foi dos poucos cogumelos que estavam lá para representar a especie.

A carne estava no ponto exato, mas uma mulher teria preferido a mesma muito bem passada e foi o que salvou o prato do fracasso total.

O tal Paillard, pedido pelos meus amigos, não era nem de longe um Paillard, principalmente pelo bife, que estava macio, mas mais parecia uma tripa de carne (maminha por sinal) do que um verdadeiro bife que compõe um Paillard. O fetuchini, dizem, estava no ponto e com um molho de ervas muito bom, mas foi só.

Os preços não eram estratosféricos e acho que o prato mais caro era o magrete de pato, que custava uns 36 reais. No fim morremos em mais ou menos 30 pratas cada um e saímos com a impressão de que devíamos ter ido comer em lugar bem melhor.

Como para tudo sempre se tem uma primeira vez, fica a dica, mas se mesmo assim você quiser se aventurar e der a sorte do chef estar em um bom dia, pode ser que coma bem. Quem vai saber.

Ps.: É inadmissível que um restaurante não tenha ninguém na casa, com um minimo de iniciativa para pelo menos, colocar uma placa ou coisa que valha, no enorme esgoto a céu aberto que se formou na porta do mesmo. Era uma visão desnecessária e que matou tudo o que eu podia ainda ter de consideração pelo local. A culpa nem é deles e de certo, a companhia estadual de águas e esgoto não apareceu a tempo, mas não custava nada alguém ter tentado remediar a situação pelo menos antes e até o fim da hora do almoço.

Ps2.: É uma pena que tudo tenha acontecido dessa forma porque criei uma grande expectativa em torno do restaurante. Queria até dar um desconto por ser novo e coisa e tal, mas depois do esgoto, não deu.

Ps3.: Acabei de ver no site e descobri que os chefs de lá são: Patrick Paul Othon Blancpain e Maria Victoria de Oliveira, ambos renomados e que foram estar em um mal dia justamente na hora de fazer o meu prato.

Um preto para chamar de seu

 

casal36

 

Seja o básico que fica dentro do armário, seja o de todos os dias, que deita na sua cama. Se você ainda não tem um, não deveria perder tempo, pois você não sabe os benefícios que um preto pode fazer na sua vida.

Dizem que um pretinho básico emagrece qualquer mulher e nesse ponto, pode ser aquele que está te esperando pendurado no cabide ou aquele que você sabe que vai lhe dar uma canseira na hora do bem bom. Pense nisso e avalie todas as vantagens que só um bom preto de qualidade pode lhe oferecer.

É claro que existem diversas outras vantagens e benefícios de se ter um em casa ou disponível para quando você precisar, mas a maioria dessas vantagens, você só vai descobrir depois que realmente experimentar. Uma das que posso lhe adiantar, é que não existe frescura quando se trata do preto, pois ele combina com tudo e com todas.

Portanto se você está precisando mudar de ares, renovar o visual, se sentir mais bonita, mais atraente ou apenas quer comprovar in loco tudo o que um bom pretinho pode fazer por você, não seja boba e nem perca tempo, arranje um para chamar de seu ou use e abuse do que você tem em casa.

segunda-feira, dezembro 21, 2009

Estúpido

 

estupido

 

E você achando que era apenas um boato... É assim mesmo, sempre parece um boato quando na verdade é aquilo mesmo que está acontecendo.

Você não se deu conta no tempo certo e por isso mesmo, quando viu, já estava no meio do vendaval, lutando contra as forças da natureza. Elas sempre vencem, não tem jeito.

Quando sentimos os primeiros sinais de que algo não está indo bem com os nossos sentimentos, tendemos a ignorar esses sinais achando que os mesmos não passam de meras alucinações momentâneas, coisa passageira. O problema é que não é nada passageiro e pelo fato de demorarmos a dar atenção a esses sentimentos, quando eles vem, vem com força total.

Passado o período de confusão e de descoberta, entramos na fase em que tentamos conciliar nossos sentimentos com os sentimentos da pessoa que não sai da nossa cabeça. Essa é a pior parte, porque nem sempre os sentimentos se conciliam e a pessoa pela qual estamos apaixonados, pode não estar nem aí para o que estamos sentindo.

Se você pressente que alguma coisa está mudando dentro de você, dê ouvidos a esses sinais e preste atenção nas transformações que estão acontecendo, assim você não será pego de surpresa quando realmente as coisas vierem a tona.

sexta-feira, dezembro 18, 2009

Se um não quer, esquece!

 

dois2

 

Os sinais deveriam ser claros como a placa de proibido estacionar, mas tem pessoas que ignoram esses sinais e aí só tem uma solução, ir direto ao ponto.

Para que insistir em algo que não vai acontecer ou que você já sabe que não vai dar resultado? Porque você é teimoso? Não deveria ser, pois você pode se machucar e muito. O pior sofrimento vem das coisas que estão bem explicitas na nossa cara e que insisitimos em não ver ou não querer enxergar, simplesmente porque achamos que ainda pode haver uma luz no fim do túnel.

Nunca houve e nem vai haver luz nenhuma, mas vai dizer isso para certas pessoas. Se você usar os tão claros sinais, ela não vai enxergar e ainda vai achar que os sinais dizem o contrário do que realmente querem dizer. O ruim nisso tudo é que você nem sempre pode ou quer ser direto ao ponto de dizer para a pessoa, exatamente aquilo que ela merece ouvir e com isso, você fica adiando uma solução que seria simples e rápida.

Mas como dizer para aquele mala do terceiro andar que quer sair com você, que você não suporta as piadas sem graça dele e muito menos a pança que ele cria dentro daquela calça “santropeito”. Como informar sem magoar, ao “gato” da informática que ele não faz o seu tipo porque você não gosta de homens que não sabem formar uma simples frase com três palavras. Difícil não é.

Infelizmente, depois de um tempo, para eles, a ficha só vai cair quando escutarem na lata, aquilo que não querem ver nos sinais. Portanto, se tem alguém que não larga do seu pé por algum motivo e ignora solenemente todos os sinais, seja direto e resolva logo as coisas, porque assim a pessoa se machuca e muito, mas com certeza parte para outra.

Ps.: Nem sempre aquele delicioso bolo na vitrine, nos dá água na boca. As vezes o que é irrecusável para uns, simplesmente é dispensável para outros.

quinta-feira, dezembro 17, 2009

8 dicas para manter a forma

Fonte revista VIP

Algumas delas eu até faço de vez em quando. Experimente e depois me conte os resultados.

 

corpo5

 

1 – Se você vai para o trabalho de ônibus, trem ou metrô, desça um ou dois pontos antes do destino e faça o resto do trajeto caminhando. O mesmo vale se você vai de carro: estacione a algumas quadras da sua empresa.

2 – Aproveite o tempo enquanto você lê um relatório para apertar aquelas bolinhas antiestresse.

3 – Contraia o abdômen sempre que se lembrar. Na cadeira do trabalho, por exemplo, tente colar o umbigo nas costas.

4 – Dê preferencia para subir escadas em vez de usar o elevador ou as escadas rolantes em seu trabalho ou no apartamento.

5 – No trabalho, fique longe do filtro de água, da impressora, do banheiro. Assim, você terá que caminhar toda vez que precisar usa-los.

6 – Aproveite o tempo parado no congestionamento para trabalhar o abdômen Com a barriga contraída, tire uma perna do pedal e sustente por alguns segundos. Depois tire a outra. Por fim, erga as duas. Faça quantas séries o engarrafamento permitir.

7 – Assuma as tarefas domésticas aos finais de semana: lave a roupa no tanque, varra a casa, passe o aspirador, lave o carro, leve o cachorro para passear. Essas atividades são aeróbicas, ajudam a perder peso e fortalecem a musculatura.

8 – Faça todos os movimentos descritos anteriormente com atenção, com consciência.

Uma secretária cretina

 

secretaria

 

Quando ela abriu a porta do escritório e se deparou com a pilha de papéis sobre a mesa, não podia imaginar o dia que teria pela frente. Depois de uma chuva torrencial e de horas presa dentro de um ônibus lotado, a última coisa que ela poderia querer era que o seu dia se tornasse ainda pior que já estava sendo.

Meio dia e o telefone ainda não havia parado tocar, uma ligação atrás da outra, várias coisas por fazer e para fazer, o mundo parecia estar todo diante de seus olhos, era como se todos os problemas tivessem de ser resolvidos por ela e justamente naquele dia, ela não sabia nem por onde começar e muito menos como e quando ia terminar.

Já se passavam das sete da noite quando todos no escritório se despediram e Eric, o continuo, disse que precisava apagar as luzes. Ela apenas moveu a cabeça afirmativamente e se resignou com o fato de que teria de ir embora deixando muitas coisas por fazer. Um novo dia iria amanhecer e a mesma rotina voltaria a cena. Até quando?

Até quando ela tomasse uma atitude radical e foi justamente isso que ela fez em sua vida, resolveu mudar as coisas e tomar as rédeas do seu destino. Naquela manhã de quarta feira, ela não apareceu no trabalho e apenas enviou um email que dizia: “Passei muito tempo da minha vida perdida entre papéis e coisas que nem sei dizer o nome, eram formulários, relatórios, cantadas idiotas de homens imbecis e todos achando que eu era a mais ignorante de todas as serviçais. Hoje nem preciso dizer, o quanto feliz estou, por estar escrevendo este email e dizendo com todas as letras que perdi um enorme tempo de minha vida aturando pessoas como vocês, em um emprego de porcaria como esse. Perdi um tempo que sei que não vou mais recuperar, mas estou disposta a partir de agora, a começar a escrever um novo capitulo em minha vida e nesse capitulo, tudo o que eu não vou ser, é uma secretária cretina como a que vocês sempre acharam que eu fosse. Adeus!”

quarta-feira, dezembro 16, 2009

Oral? Só se for agora

E porque não?

 

rosto23

 

Alguns homens e mulheres tem verdadeira repulsa pelo sexo oral e eu não entendo o porque, apesar de todos os motivos existentes para que isso aconteça. O sexo por si só, já é uma coisa complicada e muitos não conseguem desassociá-lo de coisas impuras e pecaminosas, em grande parte por conta de nossa formação religiosa.

Hoje, nos tempos modernos, o sexo deixou de ser esse enorme tabu e passou a ser visto com bons olhos, aceitado amplamente pela sociedade e debatido na TV aberta em programas específicos. As pessoas falam mais sobre sexo, vivenciam mais o sexo e mais do que isso, perderam a vergonha de dizer aquilo que gostam e que não gostam na hora H.

Os sex-shops nunca tiveram tanto público como agora e um publico menos preconceituoso e medroso em relação a experimentar novas coisas e apimentar ainda mais o momento. Antes, os sex-shops eram escondidos e escuros, sobre eles pairava uma aura de mistério e proibição, uma “moça de família” jamais entraria num deles, mas hoje existem até os específicos apenas para as mulheres.

Mesmo com toda essa revolução e toda essa abertura, o sexo oral ainda é um tabu e são os homens, os que mais apresentam restrições em relação a esta prática. As mulheres, que deveriam ter mais reticências na hora de “usar a boca”, são as que o fazem com mais tranqüilidade e naturalidade. Os homens, ainda relutam na hora de proporcionar este prazer as suas parceiras.

Para muitos, a mulher se contenta apenas com a pura e simples penetração e para outros, a “aparência” do órgão sexual feminino, é o que os impede de, literalmente, “cair de boca”. Nada tão antiquado e machista. Uma pena.

Com a liberação feminina chegando a níveis tão altos, elas se colocam em uma posição que as permite a livre escolha e isso, faz com que se você não corresponda as expectativas, seja substituído por um que faça aquilo que elas mais desejam e o sexo oral é um dos itens dessa lista de desejos que você precisa atender.

Não precisa ser um expert no assunto, até porque não existe uma formula mágica para isso e nem uma regra imutável. Cada mulher é de um jeito e prefere que a coisa seja feita de uma maneira especifica. O encaixe acontece com o tempo, onde a intensidade e o ritmo são ajustados.

É lógico que o básico não necessita de maiores explicações e em um primeiro momento, na primeira vez, é a única coisa de que você vai precisar, além da criatividade é claro. Seja carinhoso e atencioso, não faça nada apenas por fazer ou para satisfazer as vontades dela, pois se ela perceber que você está fazendo as coisas obrigado, não vai relaxar o suficiente para se concentrar no ato em si.

Nunca vá direto ao ponto, imagine um prato quente e comece sempre pelas beiradas, que nesse caso, são as coxas e toda a região da virilha, até os grandes lábios. Use toda a sua boca e não apenas a língua. Deixe o clitóris para o final, quando ela já estiver em “ponto de bala” e preste muita atenção aos movimentos dela.

Isso é muito importante, pois você pode estar fazendo alguma coisa que nela provoque uma reação diferente da usual e nessa hora, você precisa mudar. Algumas mulheres sentem cócegas ou nervoso quando tocadas e estimuladas em certas partes, por isso, é fundamental que você fique atento aos sinais corporais que ela emite.

No mais, use o seu instinto e se preciso, converse com ela a respeito de suas preferências, pois você não é adivinho e não tenha medo de ousar, compre alguns cremes estimulantes e outras coisas do tipo, pois esse momento, que é tão mágico e importante para ela, será também para você.

terça-feira, dezembro 15, 2009

O que fazer se eu não tenho?

 

mulher40

 

Use a criatividade e pronto, simples assim. Não tem mistério e você não precisa se desesperar, essas coisas acontecem com todo mundo.

Nem todas as mulheres foram agraciadas por Deus com a preferência nacional, mas nem por isso precisam se sentir menos do que as mulheres que possuem a parte de trás da anatomia privilegiada. Mulheres como a Scheila Carvalho, a Carla Perez e outras, devem se sentir muito bem consigo, mas mulheres menos servidas que elas no quesito traseiro, também devem se sentir bem e não tem nenhum motivo para não levantarem a cabeça e irem a luta.

É certo que os homens são visuais e olham mesmo para uma boa bunda, mas isso não impede e nem impossibilita que eles também olhem para outras partes da anatomia feminina.

Se você não tem um uma bunda daquelas de parar o transito, valorize o seu decote e aposte nos seios. Se você também não tem um belo par de seios, se vista com maestria e conquiste os olhares pela sua classe o seu jeito sensual de ser.

Mas se você não consegue nada disso, acho que está na hora de começar a se valorizar mais como pessoa e deixar de se preocupar com essas bobagens. Ser admirada nas ruas não é tudo, ser admirada por aquele ser em especial sim.

Se olhe no espelho e descubra os seus encantos, se vista, se arrume e se prepare para o seu parceiro, arranque dele os melhores elogios que puder e saiba exatamente como agradá-lo. Com relação aos outros, deixe que tenham olhos para as outras, pois quem lhe interessa, já está te olhando e te dando tudo aquilo que você precisa, merece e quer.

Ps.: Se o seu ser especial também está mais preocupado em olhar para as outras, é hora de você começar a olhar para os outros. Se liga!

segunda-feira, dezembro 14, 2009

O rosa em sua vida

 

calcinha3

 

Toda a mulher gosta ou deveria gostar do rosa. Acho particularmente que essa é uma cor que combina perfeitamente com as mulheres, não todas é claro, mas com a maioria delas.

O rosa é por si só, uma cor feminina, mas uma cor que expressa uma feminilidade mais pueril e menos sexual. O rosa fica muito bem quando usado em conjunto com outras peças e em minha opinião, não fica nada bem se usado em excesso ou solitário em diversas peças, mesmo que de tonalidades diferentes de rosa.

Os homens do sexo macho, também podem usar o rosa em algumas peças de roupa, desde que o façam de forma apropriada e sem frescuras. Uma camisa, é o item mais usual e o com menos chances de ser interpretado de forma equivocada.

Muitos homens tem aversão as mulheres que preferem o rosa, simplesmente porque a maioria delas, o usa em excesso ou como se estivessem de volta aos tempos de criança e com isso, deixam de serem mulheres. Vide aquelas que usam combinações de peças da Hello Kit, ideais quando se está sozinha em casa, mas fatais quando se está em público.

Nada mais, digamos, brochante, do que uma mulher totalmente vestida de Hello kit, em vários tons de rosa e ainda por cima fazendo a voz irritante do Freddy Mercury Prateado do programa pânico.

Faça um bom uso do rosa e não deixe de aproveitar a beleza dessa cor, que em uma peça bem escolhida pode demonstrar o quão feminina e de bom gosto é você.

domingo, dezembro 13, 2009

E eu?

 

choro

 

Todo mundo tem sentimentos, todos tem coisas a perder, alguns não podem deixar de fazer isso e outras pessoas não podem deixar de fazer aquilo, mas e eu? Quais são os meus sentimentos, as minhas emoções, o que realmente eu quero ou o que realmente eu estou sentindo em relação a tudo.

Nunca fui e nem pretendo ser de pedra, sou um ser humano e tenho sentimentos, as coisas não acontecem por acaso e nem porque tem que acontecer assim do nada. Você não pega um pedaço de madeira e coloca lá como se fosse um simples poste estático e pronto. O que eu sinto ou o que eu penso, nada representa nessa hora, pois eu não passo ou não passei de um mero passatempo em toda a história.

Não posso reivindicar o meu premio, mas é muito fácil em determinado momento, decidir que as coisas não podem ter um final diferente e pronto, o resto que se exploda ou que se vire com seus sentimentos e emoções. Eu até entendo tudo isso ou pelo menos finjo que entendo, só não consigo é convencer a mim mesmo, de que isso é a coisa mais certa a se fazer.

Porque a minha vontade é acabar com tudo e subverter todas as convenções, mas não posso ser egoísta ao ponto de achar que apenas a minha vontade tem de ser a reinante. Se um não quer, dois não se juntam, mas se os dois se encontram em comunhão, que se foda o mundo e tudo o mais.

Imagino como vivem as pessoas que renegam seus sentimentos, como podem dormir com a consciência tranquila aquelas pessoas que simplesmente decidem que por conta de tudo e principalmente por conta do medo, a importância de alguns anos de felicidade não mais existe. Se é que elas realmente foram felizes em todo esse tempo.

Eu as vezes me importo demais com as coisas e tenho a tendencia a achar que sou o responsável por diversas coisas que acontecem e que estou envolvido. Tenho de parar com isso, pois só quem sofre sou eu. Talvez eu esteja sendo egoísta e um pouco rude demais com as coisas, mas é assim que eu estou me sentindo hoje e não posso esconder meus sentimentos dentro de uma caixa e joga-los em uma gaveta.

Realmente, agora eu vejo que sou o principal culpado de todo o meu sofrimento interior, porque não soube me proteger no momento certo. Apenas não soube dizer não ao meu coração e escolhi arriscar mesmo sabendo que sairia destruído ao fim de tudo.

Bom, não posso cobrar nada de ninguém e muito menos de mim, mas posso aprender com meus erros para não comete-los no futuro.

sexta-feira, dezembro 11, 2009

Estou de dieta

E quem não está?

mulher39

O lance é que a maioria dos que fazem ou resolvem fazer uma dieta, o fazem da forma errada e com isso, não conseguem os resultados esperados. Eu não devia, mas vou lhe mostrar algumas dicas para que a sua dieta tenha algum resultado e você não a termine frustrado.

1 – Coma e bem

Nada dessa palhaçada de uma fatia de queijo branco sem sal de manhã, uma folha de alface no almoço e um copo de água antes de dormir. O seu corpo precisa de substancia e sem comer, a sua dieta apenas vai te levar ao hospital mais próximo. Se você tiver plano de saúde menos pior, se não tiver, vai ganhar um saquinho de amendoim ou uma barrinha de cereais e será mandado para casa.

A minha sugestão é:

Pela manhã pão careca, ou como chamem na sua cidade, com mortadela. Se não se contentar com um apenas, coma quantos necessários, mas sem gula e com moderação. Café com leite ou qualquer outra bebida, menos as que contenham álcool e pronto.

Lá por volta das 10 horas, o seu corpo precisa de mais uma carga de alimento e ai você pode comer um biscoito, qualquer um, uma barra de cereais ou o que tiver mais a mão. Sempre porções pequenas e apenas para saciar a momentânea fome e nada mais.

No almoço, esqueça essa coisa de não poder combinar carboidratos com proteínas e isso com aquilo, pois você só vai perder tempo e nada mais. Coma o que achar que deve. Um bom prato de arroz com feijão, mais uma carne com molho, uma salada, vegetais, batatas, farofa e pronto.

Mais ou menos as 16 horas, você deve voltar a beliscar alguma coisa. A perna da secretária não conta, então é a hora dos biscoitos, barras de cereais e afins. Mas sempre com moderação e em porções que não precisem de mais do que 15 minutos para serem consumidas.

Seguindo mais ou menos essas pequenas dicas e se lembrando de comer sempre mais ou menos a cada duas ou três horas, as coisas vão ficar numa boa.

Isso é claro vale apenas para os dias da semana, nos fins de semana você está liberado para colocar o pé na jaca e comer o que der vontade. Mas apenas nos fins de semana, durante a semana, mantenha a disciplina.

2 – Exercite-se

Não importa como e nem onde, apenas mexa esse seu traseiro gordo. Ao invés de ir de elevador vá de escada, mesmo que more no décimo andar. Dentro de casa invente alguma coisa para fazer, como varrer a casa, mudar os móveis de lugar ou quem sabe reconstruir um comodo.

3 – Vá ao médico

Doente ou achando que está com alguma coisa, você fica propenso a achar que não pode fazer esforço e aí fica deitado que nem um pacha comendo bobagem e vendo televisão. Faça um check-up a cada seis meses e se livre de dores de cabeça desnecessárias

4 – Esqueça os conselhos e dicas idiotas, inclusive e especialmente as minhas.

Primeiro porque não faço a metade disso que disse nas linhas acima e não sou a pessoa mais indicada para lhe dizer como você deve fazer a sua dieta. Procure um bom nutricionista e ele vai lhe dar as dicas certas.

Agora é fundamental, que em todo esse processo, você não fique de frescura. Encare as coisas com seriedade e sem paranoias. Boa dieta para você!

quinta-feira, dezembro 10, 2009

Eu te darei o céu meu bem

E o meu amor também...

Eu escolhi viver uma vida sem limites e pago o preço por isso. Sabia disso desde o começo, mas mesmo assim resolvi que iria fazer as coisas do meu modo e ao meu jeito. Não deu certo, eu sofri, quase morri e hoje apenas estou aqui para me lembrar de tudo.

Mas a vida é uma só e eu quero que todo o resto vá para o inferno e portanto, não me arrependo do que fiz e do que ainda vou fazer, porque prefiro viver a vida sem limites do que me sujeitar a velhos padrões de comportamento. Eu, graças a Deus, escolhi ser livre para voar e estou pronto para dar com a cara no muro quantas vezes forem necessárias, porque não vou morrer com a sensação de que não fui pleno.

Cada um escolhe o caminho que deseja seguir e o rumo que vai tomar, mas depois disso, não pode se arrepender ou dizer que não teve a oportunidade de ser feliz. A felicidade sempre nos bate a porta, temos de saber aproveitar quando ela aparece, para não deixá-la escapar. Mas como você sabe que é a felicidade que bate a porta?

Simples, seu coração lhe dá o sinal e aí, não tem jeito, você tem que pensar bem, largar tudo e se agarrar a ela com unhas e dentes. A felicidade sempre pode retornar e voltar a lhe procurar, mas isso é algo complicado e nem sempre acontece para todos, portanto, não desperdice a sua chance.

Esqueça as frescuras e as convenções, seja mais você mesmo. Sendo homem, aja como tal e vá lá, tome atitude, faça acontecer. Sendo mulher, mostre toda a sua sensualidade, seja ousada e lute pelo que quer.

Quando dois corpos se encontram e se encaixam perfeitamente, só resta os dois corações também se encantarem um pelo outro e quando isso acontece, não tem mais jeito, mesmo que você não queira, vai ficar com tudo isso para sempre em sua vida. Se você tiver coragem o suficiente para seguir em frente, não precisar apenas se lembrar desses momentos, pois vai vivenciá-los eternamente e todos os dias.

Eu escolhi não esperar pela felicidade, mas não posso simplesmente sair correndo como um louco atrás dela. Tenho certeza de que nada nessa vida é por acaso. Se algo tem de acontecer, acontecerá, porque está escrito.

Pode não ser agora, pode demorar alguns anos, mas vai acontecer.

quarta-feira, dezembro 09, 2009

Fale menos e faça mais

 

silencio1

 

É o grande lance da afirmação. Todo o ser humano que se preze, precisa se auto-afirmar para os outros e para si mesmo, parece que precisa dizer aos quatro cantos que é o melhor nisso, o rei naquilo e que faz e acontece melhor do que todo o resto do mundo.

O problema disso tudo é que em geral esse tipo de pessoa, aquela que precisa ouvir de si mesma que é a mais preparada em tudo, é a que menos cumpre o que alardeia. Essas pessoas apenas sabem falar com muita prepotência e altas doses de narcisismo, porque na hora do “vamos ver” ou do teste da vida real, elas se mostram como são, pessoas comuns como todas as outras, com seus defeitos e muito poucas qualidades.

O que elas não sabem ou simplesmente ignoram é que agindo assim, criam uma enorme expectativa em quem está apenas ali ouvindo, sem ter solicitado nenhuma informação a respeito das qualidades e atributos do individuo. Depois da expectativa criada, todos vão querer comprovar se o tal contador de vantagens é realmente tudo aquilo que alardeia e na maioria dos casos, não in loco, apenas vão querer depois, verificar se o falador teve exito naquilo que se diz melhor.

Com tanta expectativa criada, qualquer coisa tem que ser feita com 100% de excelência, porque caso o contrário, todos vão estar ali prontos para criticar o tal “campeão dos campeões”. Mas isso é uma das piores coisas que se pode fazer, pois essa pessoa que gosta de se gabar perante aos demais, faz isso, apenas porque não tem confiança plena em suas capacidades e quer fazer com que ela mesma e os outros acreditem que ela pode aquilo que ela acha que pode ou quer poder.

Eu apenas sinto por essas pessoas, pois elas se enganam e se iludem. Quem está de fora e pode analisar com calma, vê o quão ridículo e feio é o papel que elas fazem, mas não adianta tentar convence-los que isso é prejudicial, pois elas insistem nesse comportamento masoquista. Uns fazem para se sentirem aceitos, outros para tentar impressionar, mas todos ficam parecendo meros exibicionistas.

Quem tem algum talento, o mantem para si e só o revela no momento certo, aquele em que ele realmente lhe será útil e fará sentido. Quem pensa que tem, prefere se gabar disso, mas quando é posto a prova, acaba se decepcionando e decepcionando aqueles que acreditaram em toda a esparrela contada.

Por isso, fale menos e faça mais.

terça-feira, dezembro 08, 2009

Um dia de domingo

 

mulher38

 

“Eu preciso te falar
Te encontrar
De qualquer jeito”

E assim seguimos em nossa eterna busca sem fim a procura de algo maior, algo que nos preencha por dentro e nos faça feliz. A felicidade é um conjunto de coisas e acontecimentos que nos deixa em estado de êxtase e porque não, em um profundo “coma” de sentimentos, onde esquecemos e ignoramos tudo e só temos olhos para a magia do momento.

“Pra sentar e conversar
Depois andar
De encontro ao vento”

Simples como uma bola de sorvete de creme, precisamos e muito de uma boa conversa franca com o nosso eu interior. Precisamos esclarecer todas as dúvidas que nos afligem e nos fazem perder o sono. Simples como uma folha de papel, precisamos sentir o fresco a brisa e contemplar o mar.

“Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol
Que te bronzeia”

A presença do ser amado tem poder devastador em nossas vidas, o fato de sabermos que em alguns momentos, que sempre se tornam longos, teremos quem amamos ao nosso lado, nos faz muito mais confiantes. Enfrentamos um exercito, derrubamos barreiras até então intransponíveis e cometemos as mais desvairadas loucuras. Tudo isso porque teremos o coração preenchido e alma tranquila e serena.

“Eu preciso te tocar
E outra vez
Te ver sorrindo
Te encontrar num sonho lindo”

Sonhamos com o dia em que tudo será verdade e a realidade virá crescente como uma onda, nos invadir e fazer sentir tudo aquilo que sempre imaginamos.

“Já não dá mais pra viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo
Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo“

E é justamente a luz do sol que nos ilumina todas as manhãs, que nos trará a renovação das esperanças, a renovação dos sentimentos e as descobertas de um novo e maravilhoso começo. Nos sentiremos parte de um todo indivisível e descobriremos emoções e sensações nunca antes vistas ou sentidas, nos faremos presentes e seremos presentes, em mais um dia de brilho e luz.

“Faz de conta que
Ainda é cedo
Tudo vai ficar
Por conta da emoção
Faz de conta que
Ainda é cedo
E deixar falar a voz
do coração”

sexta-feira, dezembro 04, 2009

Puxe que nem homem

As mulheres cultivam longas madeixas por vários motivos. Por se sentirem e ficarem mais bonitas, porque gostam de ter cabelos longos e esvoaçantes e por n outras coisas.

A questão é que essas madeixas também têm muita utilidade na hora H e a maioria das mulheres que as possuem, gosta que elas sejam usadas. Todo o corpo na verdade deve ser usado na hora H, mas alguns homens, por total falta de intimidade com a coisa, não sabem onde e nem como pegar ou pior ainda, o que usar.

Se você nasceu no planeta terra e é maior de idade, já deveria ter aprendido os fundamentos básicos e saber que não se deve sair por aí puxando de qualquer jeito os cabelos de uma mulher. Em primeiro lugar, se você tem medo de machucá-la, nem comece porque você apenas vai alisar o cabelo dela e isso ela paga para que o cabeleireiro dela faça. Você está ali para pega-lá de jeito.

Nunca pegue pelas pontas do cabelo, ela não é uma égua e você não está cavalgando por campos verdejantes. Jamais puxe como se estivesse em um “cabo de guerra”, ainda mais se não tiver aspirina disponível, pois o máximo que você vai conseguir com isso é causar nela uma tremenda dor de cabeça.

Faça mais ou menos assim, as suas mãos tem de estar por baixo dos cabelos dela, perto da nuca e você deve “abraçar” a base, “enrolar”, enroscar na palma da mão e segurar como homem, levando a cabeça dela levemente para trás até que você perceba o limite e pare. A mulher tem que se sentir dominada, submissa e totalmente entregue a você.

Isso sim vai excitá-la e talvez levá-la as nuvens, se você souber como fazer todo o resto. Mas não se esqueça do principal, haja como homem do sexo macho, pois esse é o primeiro passo para tudo dar certo. Sem medinhos e muito menos frescura.

Vista-se para se despir

Não existe nada mais excitante, pelo menos para mim, do que ter o prazer de despir uma mulher bem vestida. Desamarrar ou desabotoar um belo vestido florido, preto ou de qualquer outra cor, desde que sensual e com quem sabe, se a comissão de frente permitir, um belo decote, é uma coisa deveras regozijante. E melhor ainda, por baixo de todo esse esplendor é saber que vou encontrar uma deliciosa lingerie em um corpo mais delicioso ainda.

As mulheres não se vestem sempre para matar, mas quando fazem isso, podem estar dentro de uma igreja, que vão despertar os mais cobiçadores olhares. Elas sabem disso e adoram quando isso acontece.

Mesmo não estando sempre vestidas para arrasar, as mulheres devem sempre estar prontas para serem despidas. As oportunidades aparecem quando se menos espera e nada melhor e instigante do que um encontro incendiário nas escadas do prédio ou no meio do expediente, lá pelo fim da tarde.

Mulheres, continuem a nos encantar com o seu charme avassalador e a sua beleza impar, mais do que isso, vistam-se sempre com maestria e saibam que quanto mais bem vestidas estiverem, mas teremos vontade e desejo de despi-las. Por inteiro.

quinta-feira, dezembro 03, 2009

Eu gosto de mulher

 

rosto22

 

“Vou te contar o que me faz andar
Se não é por mulher não saio nem do lugar
Eu já não tento nem disfarçar
Que tudo que eu me meto é só pra impressionar”

A minha vida é assim sempre faço as coisas pensando nas mulheres, pois são elas que movem as minhas ações e os meus atos. É por elas e para elas que eu me levanto todos os dias e saio as ruas.

“Mulher de corpo inteiro
Não fosse por mulher eu nem era roqueiro
Mulher que se atrasa, mulher que vai na frente
Mulher dona-de-casa, mulher pra presidente”

Mulher é algo assustador de tão belo e simples. Uma mulher resolve todos os problemas do mundo. Sem as mulheres o mundo seria apenas um astro no espaço, um astro sem vida e nem beleza.

“Mulher de qualquer jeito
Você sabe que eu adoro um peito
Peito pra dar de mamar
E peito só pra enfeitar”

Mulher não tem contra indicação e já vem pronta de fábrica com tudo o que precisamos. Um belo par de seios, um corpo violão e todo o resto. Mulheres são perfeitas em sua concepção e em todos os detalhes.

“Mulher faz bem pra vista
Tanto faz se ela é machista ou se é feminista
Você pode achar que é um pouco de exagero
Mas eu sei lá, nem quero saber,
eu gosto de mulher, eu gosto de mulher
eu gosto de mulher”

Não existem mulheres feias, todas são encantadoras ao seu modo e do seu jeito. Cada uma tem uma particularidade em especial e são belas por isso. Cada mulher tem o seu charme e o seu brilho.

“Nem quero que você me leve a mal
Eu sei que hoje em dia isso nem é normal
Eu sou assim meio atrasadão
Conservador, reacionário e caretão”

Mulheres devem ser tratadas como são, como deusas, colocadas em um pedestal e amadas com ardor. Nada mais e nada menos, apenas isso. Sem essa modernidade de independência e igualdade entre os sexos.

“Pra quê ser diferente
Se eu fico sem mulher eu fico até doente
Mulher que lava roupa, mulher que guia carro
Mulher que tira a roupa, mulher pra tirar sarro”

Não imagino a vida sem a presença feminina, sem suas curvas, seu sorriso e seus olhares furtivos. Sem as mulheres, a minha existência seria vazia e sem cor. Mulheres são essenciais para tudo em minha vida e para todos os meus momentos.

“Mulher eu já provei
Eu sei que é bom demais, agora o resto eu não sei
Sei que eu não vou mudar
Sei que eu não vou nem tentar”

Se você tem uma ao seu lado, conserve. Se não tem, procure e encontre. Se ainda não encontrou, seja rápido, pois ficar muito tempo sem uma princesa para chamar de sua e para lhe dar carinho, pode fazer com que nada valha a pena.

“Desculpe esse meu defeito
Eu juro que não é bem preconceito
Eu tenho amigo homem, eu tenho amigo gay
Olha eu sei lá, eu sei que eu não sei,
Eu gosto é de mulher Eu gosto é de mulher”

Mulher é bom demais e não consigo entender aqueles que tem preconceito em relação a elas. Mulheres com ou sem roupa. Mulheres esbeltas ou fora do peso. Mulheres altas ou de pouca estatura. Nada disso tem importância pois o simples fato de ser uma mulher, é que faz toda a diferença.

“Eu adoro mulher!
Eu não durmo sem mulher!”

quarta-feira, dezembro 02, 2009

Eu por eu mesmo 3

Leia também: Eu por eu mesmo | Eu por eu mesmo 2

 

eu2

 

Sempre é difícil, mas eu saio das minhas crises, não posso e nem vou ficar em crise a vida toda. Tudo passa e elas também.

São tantas coisas que eu deveria ter feito ou deveriam ter acontecido e que não aconteceram ou eu não fiz, que não tem como nessa época do ano, eu não entrar em parafuso. As responsabilidades e os méritos pelas minhas crises são sempre meus, eu não coloco e jamais vou colocar a culpa nos outros ou nos acontecimentos.

Não sou perfeito, nunca quis ser e nem vou ser, mas me cobro demais e sou muito critico em relação a tudo o que eu faço. Ai não tem jeito, quando as coisas não saem do jeito que eu acho que deveriam ou quando não acontece exatamente aquilo que eu imaginei, eu entro em parafusos e caio em crise.

Sei que é tudo uma palhaçada e uma bobagem do meu cérebro. Sei também que eu tenho de parar com essas frescuras, mas eu sou humano e nem sempre consigo me controlar.

Não sou do tipo que cria neuras e teorias da conspiração, como se o mundo estivesse contra mim, prefiro muito mais o recolhimento e o ajuste de contas direto com a minha mente. Só eu e ela. Escuro total. Assim eu me sinto bem.

O sol recarrega as minhas energias para as batalhas do dia a dia e a escuridão total, a falta de luz, me leva de volta ao meu interior e são nestes momentos de interiorização, que eu me curo das minhas crises. Algo para beber e apenas a minha companhia. Só preciso disso para começar a refletir sobre tudo o que aconteceu ou que deveria ter acontecido e ver exatamente onde eu errei ou onde eu acho que errei.

Esse ano em especial, tomei muitas decisões rápidas, em que não tinha tempo para consultar o google ou o ombro amigo mais próximo. Foram decisões tiro rápido, eu e o meu senso critico, tivemos de decidir ali na bucha e foi pegar ou largar. De algumas eu me arrependo, na verdade, tenho a sensação de que se tivesse tomado outra decisão poderia ter feito uma escolha melhor, mas não tenho como voltar atrás e nem quero. Passou, passou e pronto.

Outras decisões foram com mais calma e aí segui o meu coração e o que eu acho ser o certo. Não vou me prostituir ou fazer algo que vá contra os meus princípios. Nunca fui santo e nem desejo ser, prefiro continuar assim, esse ser instável e louco, mas tem coisas que até mesmo eu, prefiro ignorar. Sem moralismos ou frescuras, eu vivo a vida e pronto, dane-se o resto, mas nem tudo pode ser a ferro e fogo.

Tô pouco me lixando para o que pensam a meu respeito e quero mais que se danem todos aqueles que nutrem por mim algum sentimento negativo. Não gostou, apenas abre o caminho e não tampa o meu sol porque eu preciso dele para brilhar.

Respeito os sentimentos alheios, desde que eles não batam de frente com os meus. Se a pessoa é cega e não enxerga a realidade, não sou que tenho que faze-la enxergar. Eu apenas executo a tarefa e não me cobrem nada, porque eu não peço nada a ninguém, me viro com o que eu tenho e pronto, sempre me virei e vou continuar a me virar.

A vida é cruel, ela não escolhe o momento para lhe agraciar, simplesmente ela te dá a chance de ser feliz e você tem que estar esperto para não deixar esse momento passar. Eu já deixei muitas vezes e em outras, acharam que deveriam deixar e aí eu não pude e nem posso fazer nada.

Dizem que nascemos pobres, carecas e sem dentes, que o que vier depois disso é lucro, mas eu discordo. Até nascemos pobres, carecas e sem dentes, mas o que vem depois nem sempre é lucro, se não corrermos atrás dos nossos sonhos e desejos, não teremos lucro algum. Sou contra esses imprestáveis que acham que a vida gira em torno das realizações alheias e que vibram a cada peido do galã da novela das oito.

Essa foi uma das minhas piores crises nesses últimos anos e foi uma das mais complicadas de administrar. Passei por momentos de euforia, de êxtase, de depressão e até de delírios suicidas, mas superei isso tudo. A cada manhã ensolarada eu ficava mais disposto e confiante nas minhas capacidades. A cada noite em silêncio comigo mesmo, eu colocava as poucas ideias em ordem e organizava a vida. Enfim, nada com um dia após o outro.

Hoje eu estou aqui comemorando o fim dessa crise terrível, estou comemorando um novo começo. Vou levantar a cabeça e sorrir mais vezes, vou olhar para o céu e agradecer ao sol e principalmente, vou fazer muito mais do que eu já fiz até hoje. Me aguardem, eu estou de volta.

2009 ainda não acabou e tem muita coisa que ainda posso e vou fazer. Vou admirar a beleza da moça de rosa, o rebolado da morena de azul, os cachos da loira de verde e me apaixonar pela menina de prata.

Vou roubar o coração de quem me quer e conquistar quem não me quer. Vou sorrir e vou chorar. Vou sonhar e delirar. Vou amar e ser amado. Vou roubar um beijo e permitir que me roubem um também. Vou ser cada vez mais eu.

Vou deixar que me acompanhem, mas não vou acompanhar os outros. Vou curtir a vida sem destino e sem me preocupar se o tempo lá fora está bom ou não. Quem faz o tempo que vivemos somos nós, o que faz com que as coisas sejam boas ou ruins é a nossa capacidade de ignorar os idiotas e prestar a atenção naqueles que interessam. Quando realmente interessam, pois nem sempre os interessantes são os mais indicados e em alguns casos, os interessantes é que são os verdadeiros idiotas.

Vou jogar o meu charme para todas que passarem e uma delas há de me olhar. Esse olhar pode ser de espanto ou quem sabe de admiração. Não vou ligar no dia seguinte e nem deixar recados na secretária, eu vou estar lá no dia seguinte, ao vivo e a cores.

É amigos, eu sobrevivi e estou pronto para a próxima, de preferência gelada se for cerveja, na temperatura certa se for vinho e quente, bem quente se for mulher.

É nós que tá, no bagulho onde é que tem que estar!

terça-feira, dezembro 01, 2009

Frisson

 

mulher37

 

Meu coração pulou
Você chegou, me deixou assim
Com os pés fora do chão
Pensei: Que bom!
Parece, enfim, acordei

Pra renovar meu ser
Faltava mesmo chegar você
Assim, sem me avisar
Pra acelerar um coração

Que já bate pouco
De tanto procurar por outro
Anda cansado
Mas quando você está do lado
Fica louco de satisfação
Solidão nunca mais

Você caiu do céu
Um anjo lindo que apareceu
Com olhos de cristal, me enfeitiçou
Eu nunca vi nada igual

De repente
Você surgiu na minha frente
Luz cintilante
Estrela em forma de gente
Invasora do planeta amor
Você me conquistou

Me olha, me toca
Me faz sentir
Que é hora, agora
Da gente ir

Tunaí e Sergio Natureza

Sempre on

 

on

 

E como há muito tempo isso não acontecia, quando eu me vi, estava lá, no meio de uma multidão de pessoas e completamente sozinho. Sim, eu estava só e você não estava ao meu lado para me dar a mão.

Tão triste quanto ficar sozinho, é ter alguém ausente ao lado.

O famoso estar só acompanhado, é algo que hoje em dia acontece muito, pois as pessoas estão sempre conectadas, mas nunca estão disponiveis. O mundo se tornou algo frio, preso dentro da tela de um computador. Falta contato humano.

Plantamos na “fazenda” virtual e não colhemos emoções reais. Brigamos e nos tornamos mafiosos “on line”, mas não interagimos na vida real. Trocamos “scraps” e “sms”, mas somos incapazes de dar bom dia para nossos vizinhos no dia a dia.

As relações humanas ficaram esquecidas na gaveta da estante, deixadas de lado simplesmente porque não temos mais tempo para elas. Nossas relações agora são patrocinadas pelo Google, administradas pelo Facebook e seguidas pelo Twitter.

Perdemos o prazer de uma boa conversa olho no olho, de uma boa risada, o prazer de estarmos juntos um do outro. As pessoas precisam de mais contato, precisam se conectar mais com as outras e não através de uma rede social virtual, mas sim através de mais interação, participação e emoção.

Se você está lendo este post agora, levante-se da frente do computador e vá respirar um pouco de ar puro, conheça outras pessoas e viva a vida de verdade.

segunda-feira, novembro 30, 2009

Uma lady na mesa, uma louca na cama

 

mulher35

 

É a mulher que todo homem procura, aquela que consegue exercer com maestria duas das principais coisas que fazem diferença. Uma mulher deve ser uma lady na mesa, sabendo se comportar em todas as situações sociais que exigem uma mulher discreta e que encante a todos.

Se você é do tipo que gosta de se exibir ou de usar roupas chamativas, saiba que você é o tipo de mulher que os homens evitam. Pelo menos aqueles com um certo bom senso.

Por mais que se fale e que se diga o contrário, existem as mulheres para uma noite e as mulheres para uma vida inteira. As de apenas uma noite, são justamente aquelas que gostam de aparecer mais do que o homem que está ao seu lado. Nada contra, se ela encontrar um homem que goste desse seu jeito de ser, o que eu acho particularmente dificil, mas não impossivel.

As de uma vida inteira, são aquelas que sabem respeitar o homem que está ao seu lado e acima de tudo, se comportam “corretamente” quando isso tem que acontecer. As mulheres de uma vida inteira, sabem exatamente a hora exata de falar e de calar. Todo homem se sente recompensado quando pode compartilhar seus momentos com uma mulher agradavel, que seja admirada por todas as outras e cobiçada por todos os outros homens, mas não pela sua vestimenta e sim pelo seu comportamento.

Mas é dentro de casa, entre quatro paredes, é que a mulher deve se transformar e se tornar aquela que vai incendiar as coisas. Nos momentos de intimidade do casal, não deve haver limitações, há não ser aquelas que desagradem a um dos dois. De resto, tudo é permitido e deve ser tentado.

Como da agua para o vinho, a mulher deve se transformar e o seu homem só a agradecerá, pois terá a mulher com que sempre sonhou. Uma mulher de verdade e sem frescuras, tão boa fora quanto em cima da cama.

Se consegue ser uma lady na mesa, seja também uma louca na cama. Se consegue ser apenas um dos dois e em especial, se só consegue ser uma lady, saiba que as suas chances de ser trocada aumentam consideravelmente. Mas também se não souber como ser uma lady, só a sua desinibição na hora H não vai lhe manter por muito tempo.

Metade

 

mulher36

 

Eu perco o chão
Eu não acho as palavras
Eu ando tão triste
Eu ando pela sala
Eu perco a hora
Eu chego no fim
Eu deixo a porta aberta
Eu não moro mais em mim...

Eu perco as chaves de casa
Eu perco o freio
Estou em milhares de cacos
Eu estou ao meio
Onde será
Que você está agora?

Adriana Calcanhoto

sexta-feira, novembro 27, 2009

O sol

Ei, dor!
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
Ei, medo!
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada...

E se quiser saber
Pra onde eu vou
Pra onde tenha Sol
É pra lá que eu vou...

Antonio Júlio Nastácia

Lá vem o sol

Não deixe que amanheça
Antes que eu adormeça
Não deixe que eu me esqueça
O Sol já vem
Não brinque de ir embora
Antes que eu me aqueça
Não deixe pra última hora
Antes que eu perceba

Que o Sol já vem
Vem ver o Sol, vem

Não ligue pro tempo
Nem finja que é segredo
Só importa que eu mereça
E o Sol já vem
Eu já vi esse filme
Nosso beijo acontece
Não importa se é miragem ou real, ele aparece

0 Sol já vem
Vem ver o Sol, vem

Da varanda vi o Sol chegar
Da janela vi você passar
No silêncio escutei meu coração
Pedi pra você voltar

O Sol já vem
Vem ver o Sol, vem

Claúdio Faria

Sol de primavera

Quando entrar setembro
E a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão
Onde a gente plantou
Juntos outra vez...

Já sonhamos juntos
Semeando as canções no vento
Quero ver crescer nossa voz
No que falta sonhar...

Já choramos muito
Muitos se perderam no caminho
Mesmo assim não custa inventar
Uma nova canção
Que venha nos trazer...

Sol de primavera
Abre as janelas do meu peito
A lição sabemos de có
Só nos resta aprender
Aprender...

Beto Guedes e Ronaldo Bastos

Morri de prazer

Leia também: Me mata de prazer

mulher34

Você sugou o meu sexo e me deixou sem nexo. Me fez de gato, mas não de sapato. Você me teve por inteira e de todas as maneiras. Fez o que quis de mim, como se eu fosse assim, sua por toda uma eternidade.

Parou com os joguinhos e com as fantasias inventadas, me jogou de quatro e me penetrou com vontade, me penetrou como um animal, sem dó e nem pena. Esqueceu a minha pele delicada e que eu sou frágil, me tratou como um objeto e jogou para lá e para cá. Usou e abusou.

Veio com um sorriso safado de canto de boca e me mordeu os seios, marcou-os como se eu fosse gado e eles fossem só seus e eu apenas sua. Me bateu, me invadiu, me lambuzou com o seu néctar e me deixou molhada de suor, o seu e o meu.

Saciou o meu desejo como um homem e não como um garotinho afobado que não sabe onde por a mão. Pegou de jeito e deixou as marcas dos seus dedos, pegou para machucar pois eu não queria carinho.

Mostrou a sua força e me comeu não só com os olhos, mas com todos os seus orgãos e membros, me comeu com apetite de um leão que devora a sua presa, rasgando me a carne e furando a pele. Eu fui sua vadia, sua escrava, sua serva, sua mulher e você foi o meu homem, o meu macho.

Não se fez de rogado e nem de santo, usou seus instintos mais bestiais para que eu soubesse a fera que existia em você, a fera que acabou comigo de uma vez por todas.

Não sai ilesa e nem inteira, sai quebrada, massacrada e humilhada por você. Eu lhe implorei e você veio, me mostrou que eu não me enganei quando te escolhi para ser aquele que me mostrou o que é ser mulher de verdade.

Abriu minhas pernas, tocou as minhas coxas, usou o teu sexo e me matou de prazer. Mais do que isso, você fez o que deveria e o que eu queria que você fizesse.

Você me matou de prazer e me mostrou do que um homem de verdade é capaz!

quinta-feira, novembro 26, 2009

Beija-me

Leia também: Mais um dia e olha nós de novo | Hum… Delicia… | Beijo é bom e eu adoro! | Beija com vontade ou pede para sair

 

beijo6

 

Como é bom demais quando nossas bocas se encontram em um beijo longo, molhado e demorado. Como é bom demais quando nossos lábios se unem e se procuram, mais ainda quando nosso beijo é apaixonado como se fosse o primeiro.

O beijo não tem segredos e nem mistérios, precisa apenas ser dado e sentido com intensidade. Se você não está nos seus melhores dias, com certeza o seu beijo também não estará.

Não se preocupe com detalhes e nem em fazer malabarismos, faça o de sempre, o simples e não terá problemas. Se lembre apenas que um beijo tem que ter emoção e não pode ser frio como uma pedra de gelo, precisa ser quente como um vulcão e despertar emoções.

Você e sua parceira devem sentir o corpo todo e não apenas os lábios, o beijo não se resume a boca. Quem beija apenas com a boca, não está beijando com o todo e com isso, não está dando um bom beijo.

Um beijo de verdade, mexe com todo o corpo e envolve tanto o físico quanto o sentimental. Se você não sente nada quando beija, principalmente, se o seu corpo não emite sinais quando você beija, você está apenas encostando seus lábios contra os lábios de sua parceira.

Nem todos os beijos precisam ser de cinema ou inebriantes, mas todos devem ser dados de verdade e com vontade. Beije e não apenas faça de conta que está beijando. Mesmo um simples “selinho”, tem que ter sentimento, senão se torna tão somente, mais uma convenção, quase que uma obrigação cotidiana.

As mulheres nesse quesito reclamam de pegada e o que elas querem é que você apenas seja mais efetivo na hora do beijo e não um mosca morta que finge que está lá, quando na verdade está em qualquer outro lugar, mas menos ali. Beije como um verdadeiro amante, beije com as mãos, com os olhos, com o coração.

Se não for para ser assim, nem precisa começar e é melhor nem tentar, pois um beijo mal dado é um passo para que todo o resto não saia de acordo. Quando você conhece uma nova pessoa, é o beijo que vai lhe apresentar para essa pessoa e é através dele que vocês vão saber se realmente vale a pena continuar a partir dali ou é melhor partir para outra.

Descubra os prazeres de um bom beijo e aproveite muito. Se você tem alguém ao seu lado, a hora é essa, faça acontecer. Se você está sozinho, saiba que um bom beijo, pode lhe ajudar a encontrar uma pessoa especial, vá a luta.

quarta-feira, novembro 25, 2009

Amar é bom demais

 

boca5

 

E o amor tem dessas coisas e faz dessas coisas com todos nós. Estamos bem, quietos e sem preocupações aparentes, quando somos pegos por uma agonia que não tem mais fim.

Dormimos, quando conseguimos, apenas pensando no ser amado. Choramos, rimos e até nos desesperamos pela falta do ser amado ao nosso lado. E como isso é ruim, como isso dói.

Mas porque tudo isso acontece conosco? Por que simplesmente, precisamos e sempre vamos precisar de emoções em nossas vidas e quando o nosso cérebro percebe que não estamos tendo as que precisamos, ele trata de nos inventar alguma.

É claro que tudo isso faz parte de um plano arquitetado pelo coração, que também tem a participação de diversos outros órgãos. As mãos começam a suar frio pela simples presença do amado, começamos a sentir um frio enorme na barriga e a boca, até ela, seca em determinados momentos.

Sim, o nosso corpo conspira contra nós. Mas não é uma conspiração maligna e nem quer o nosso mal, o nosso corpo quer apenas que voltemos a viver e a sentir todas as emoções possíveis e imagináveis que a vida pode nos reservar.

Estar apaixonado é tão bom e nos faz tão bem, que deveríamos sempre nos permitir a sentir essas emoções e ter essas alegrias. Acordar pela manhã e ver o ser amado ao lado, saber que no final do dia vamos nos encontrar com o grande amor e mais do que isso, ter a certeza de que somos amados por alguém.

Sorrir o sorriso da paixão é mais do que apenas estar feliz, é um estado de espirito que nos permite sonhar com um futuro ao lado de uma pessoa especial, uma pessoa que escolhemos como sendo aquela que vai dividir conosco os momentos bons e os ruins.

Por tudo isso, não tenha medo da paixão. Não feche o seu coração para o amor, apaixone-se por você mesmo e por aqueles que gostam de você. Viva sem limites e sem receios, abra os olhos para o novo e esteja pronto para a felicidade, pois ela agracia aqueles que sabem aproveitar as maravilhas de um grande amor.

terça-feira, novembro 24, 2009

Preciso ser amado

 

chuva1

 

Eu preciso de carinho
eu preciso de calor
venha abrir o meu caminho
venha ser o meu amor

eu preciso ser amado
ser amado pra valer
ando até preocupado
sem vontade de viver

venha ser a minha amada
me acompanhe por favor
minha linda namorada
pois é seu o meu amor

Tim Maia

 

Contos e encantos Copyright © 2007 - |- Template created by O Pregador - |- Powered by Blogger Templates